Vendo e resenhando #1

22 janeiro 2012





Hoje - aos domingos - postarei nossa primeira edição da coluna Vendo e Resenhando, onde farei resenhas dos melhores - ou piores - filmes, vistos por mim. 
Nessa primeira edição, farei a resenha de:



                                                                     Missão Impossível: Protocolo Fantasma

Sinopse:
Acusado pelo bombardeio terrorista ao Kremlin, o agente da IMF Ethan Hunt (Tom Cruise) é desautorizado com o resto da agência quando o presidente dá início ao “Protocolo Fantasma”. Deixado sem qualquer recurso ou apoio, Ethan tem de encontrar uma maneira de limpar o nome de sua agência e prevenir um outro ataque. Para complicar mais as coisas, ele é forçado a assumir esta missão com uma equipe de colegas fugitivos da IMF, cujos motivos pessoais não conhece completamente. 




                               


A missão, apesar de muito difícil, não era impossível. Fazer o novo capítulo dessa geração de 4 filmes "Missão Impossível" não virar algo vazio e sem enredo descente, isso sim, era uma missão impossível. Missão dada é missão cumprida - para variar.
Desta vez, Ethan Hunt (Tom Cruise) é acusado por um atentado terrorista ao Kremlin, que é a sede do governo russo. O incidente leva o presidente dos Estados Unidos a dar início ao "Protocolo Fantasma”, que significa a desativação completa da agência de espionagem. Deixado sem nenhum recurso ou apoio, o superagente tem de encontrar uma maneira de provar sua inocência, evitar uma guerra nuclear, fugir da polícia russa e capturar os verdadeiros culpados. 
Para cumprir a missão “impossível” Hunt conta com a colaboração de colegas fugitivos da IMF cujos motivos pessoais ele não conhece completamente. Juntos, formam um quarteto. Cada um com sua respectiva habilidade e temperamento. 



Contando com a ajuda da agente Jane Carter (Paula Patton), faz o estilo durona e sensual, e está nessa parada, muito mais do que evitar uma tragédia nuclear. Vingança. 

Brandt (Jeremy Renner), dá vida a um burocrata misterioso, que ao longo da trama, demosntra habilidades que não condiziam com sua situação. 
Benji (Simon Pegg), é um agente-nerd, mestre da tecnologia. Ele deu um toque de humor muito especial nesse longa. 
E por fim, mas não menos importante - na verdade, o mais importante - Ethan Hunt (Tom Cruise), o protagonista da trama, o bravo e destemido superagente, que com muito ardor e dedicação, fez o filme dar no que deu. 
Seja como for, esse filme é a confirmação de que a franquia ainda tem muito para dar. Mal posso esperar pelo próximo filme.

Missão Impossível: Protocolo Fantasma é uma ótima opção para quem quer curtir um bem realizado filme de ação.





E então, o que acharam desta mais nova coluna do O Leitor ?

Nenhum comentário

Postar um comentário