Resenha número 43.

07 fevereiro 2012


O Príncipe Gato – e a ampulheta do tempo
Autor: Bento de Luca (Marcelo Siqueira Silva; Gustavo Costa de Almeida Siqueira)
Editora: Novo Século
Nota: 

Sinopse: Através de um Buraco de Minhoca — túnel dimensional que interliga dois mundos — localizado no Parque do Trianon, São Paulo, surge um viajante felino movido por uma única e importantíssima missão: a busca por uma lendária ampulheta. Escondida em algum local inóspito da cidade, a relíquia é a única capaz de salvar Marshmallow, terra do Príncipe Gato, que está à beira da destruição. No entanto, parece que ele não foi o único a atravessar o portal. Seres malignos irromperam das barreiras e logo declararam uma caçada voraz, com objetivos mais sombrios...
            Além de seus perseguidores, o Gato luta contra seu maior inimigo: o Tempo. É preciso encontrar este objeto antes que seja tarde e seu mundo esteja para sempre perdido. Contudo, ele não estará sozinho nesta empreitada e poderá contar com a ajuda de seus fiéis companheiros.
            Fascinante, angustiante e até mesmo engraçada, a história retrata os mistérios jamais desvendados da cidade paulistana, com um toque de magia e esperança.

           Ao início, julguei o livro como infanto-juvenil, mas ao desenrolar da história pude ver que ele tratava muito mais do que isso.
A trama traz muito suspense, magia e aventuras de Hugo junto com o príncipe de Marshmallow, o Príncipe Gato.
A história se dá nas mediações da Avenida Paulista, tendo como palco para início o Parque do Trianon, onde o Príncipe Gato se revela para Hugo. Antes disso, Hugo já o havia visto em uma livraria.
No meio de sua trajetória de aventuras, encontram Eleanor, um ratinho que graças Adir Wosky consegue falar e ser ouvido por todos que já foram para Marshmallow.
Ambos estão em busca da ampulheta do tempo, objeto que é capaz de salvar Marshmallow do fim que se aproxima cada vez mais rápido.
Eu simplesmente fiquei presa ao livro do início ao fim, e li tão rápido quanto os outros que já li, rs. E confesso que o final me deixou muuuuuito curiosa para a chegada do segundo volume da trilogia. Mal vejo a hora de tê-lo em minhas mãos e continuar a leitura da saga do Príncipe Gato.

Sobre os autores: Marcelo Siqueira Silva nasceu em 1987 em São Paulo, onde se formou em Naturopatia. Na mesma cidade, seu primo, Gustavo Costa de Almeida Siqueira,nascido no ano de 1986, formou-se em Gestão Ambiental. O interesse por escrever surgiu logo cedo, e não tardou para que definissem similar estilo dentro do gênero Fantasia. Criaram diversos contos e histórias durante nove anos e, no ano de 2009, resolveram iniciar um novo projeto, a trilogia O Príncipe Gato, através do pseudônimo Bento de Luca.  Possuem aforte crença de que existem histórias com o potencial de criar conceitos e despertar nossas emoções; histórias estas a serem contadas, celebradas e recordadas.




2 comentários

  1. Nossa, livro brasileiro nesse estilo é novidade pra mim! :)

    ResponderExcluir
  2. É um livro original e diferente do que eu estou acostumada a ler, mas não chamou muito a minha atenção =/
    Bjo

    ResponderExcluir