Resenha número 69.

28 março 2012



Eu sou o Número QuatroAutor: Pittacus LoreEditora: IntríssecaNota:
Sinopse: Nove alienígenas fugiram do planeta Lorien, onde eram conhecidos por números, para se esconder na Terra. O objetivo era se esconder dos Mogadorians, inimigos que precisam eliminar todos eles - e na ordem certa - para que poderes especiais não possam ser usados contra eles no futuro. A caçada já começou e os números Um, Dois e Três já foram assassinados. O número Quatro vive disfarçado entre os humanos, como John Smith , ajudado por seu protetor Henri na tranquila cidade de Paradise, em Ohio. Enquanto descobre seus novos poderes, Smith conhece a estudante Sarah Hart e se apaixona por ela, colocando em risco a vida de ambos e o futuro de sua raça, porque o inimigo já o localizou. A sua sorte é que a número Seis também o encontrou e ela pode ajudar na batalha.


Nunca tinha lido algum livro assim, e me apaixonei por Sarah. Ah, Sarah.
Nove crianças vieram à Terra, foragidas de seu planeta natal, Lorien. Com seus Cêpans, uma espécie de tutor delas, elas acabam se separando e cada uma representa um número, de um a nove. Os morgadorianos haviam invadido seu planeta, e precisam matá-las para que possa fazer o mesmo com a Terra. Ao longo do tempo, essas crianças, vão ganhando seus Legados, que no caso, é uma espécie de poder - ou para uns, habilidades especiais - , poderes variados, como ficar invisível, falar com animais, luzes, controlar o tempo, imunidade ao fogo, enfim, muitos.
A história gira em torno do Número Quatro, que no momento, se chama John, e seu Cêpan, Henri. John tem quinze anos - apesar de ao longo da história toda, parecer ter uns vinte - e acaba se apaixonando por Sarah, um menina doce e angelical, que estuda junto com ele. Junto dela, vem Mark, um valentão ex-namorado dela, que não suporta a idéia de perdê-la.
John tenta ser o mais discreto possível em suas atitudes, até porque, já faz dez anos que ele e Henri fogem dos Morgadorianos, sempre trocando de cidades e de identidade, abandonando lá, qualquer chance de uma vida normal.
Livro envolvente. Leitura rápida e fácil. Descrição perfeita para o livro. ENVOLVENTE. A cada capítulo, uma novidade e confusões de John. Há algumas contradições quanto ao livro, mas quem se importa ?
Sobre o autor: Pittacus Lore é pseudônimo usado por James Frey e Jobie Hughes. Juntos eles escreveram a série Os Legados de Lorien, traduzida aqui no Brasil pela Editora Intrínseca. Pittacus Lore aparece no primeiro livro da série,I Am Number Four (livro), como um ancião a quem foi confiada a história dos nove lorienos. Passou os ultimos doze anos aqui na Terra.

Um comentário

  1. Já vi muitas resenhas sobre o livro, e sempre fico curiosa pra ler. Parece ser um livro empolgante e emocionante. Já está a um bom tempo na minha lista.
    Abraços,
    Amanda

    ResponderExcluir