[Resenha] Entre dois mundos - Recomeçar

15 maio 2016

Entre Dois Mundos
Recomeçar
Autora: Lígia Gama Miraglia
Editora: Modo
Número de Páginas: 268
Você pode adquiri-lo em: Loja da autora

Sinopse: O que fazer quando sentimos o coração aquecido por um novo amor? Um amor que me deixa em dúvida de como agir, com medo de magoar as pessoas que estão ao meu lado. Sinto- me aflita por saber que essa ferida aberta em meu peito nunca mais cicatrizará. Tudo o que sonhei está cada vez mais distante. Sabe quando os planos que fez não é mais tão importante?É assim que me sinto, como se a minha vida hoje estivesse em segundo plano, porque Thales está cada vez mais próximo de toda verdade que de uma forma ou de outra fará mudanças em meu destino. Bem no fundo, eu não sinto que esse amor que nos uni seja possível, temos muitos problemas e nenhuma solução... Raul e Thales hoje fazem parte de mim e não sei onde isso me levará, mas sinto que o fim não será bom. Muitos sentimentos hoje estão comigo. Mentiras, ofensas, incompreensão e paixão... Nem nenhum deles se compara aos que me atormenta, dúvida, arrependimento e culpa. O meu tempo está terminando e sei que desta vez sofreremos por nossas escolhas, acertos e erros... Forças maiores do que imaginávamos nos assola e nos apavora, porém sei que juntos seremos fortes para enfrentá-los e ter a chance de recomeçarmos.

Esse é o último livro da trilogia Entre dois Mundos. Em Recomeçar, as dúvidas que Alícia tinha caem por terra e a jovem descobre que o que sente por Thales não é amor. Mas esse terceiro e último livro é o mais impactante, onde várias perguntas terão duas devidas respostas, e é sem sombra de dúvidas o melhor deles, na minha humilde opinião.

Não vou entrar em detalhes para não soltar spoiler, mas penso que seria ótimo que todos dessem uma chance à essa autora nacional. A trilogia é muito boa. Para você que gosta de sobrenatural, está aí um prato cheio.

- Acredito que quando amamos uma pessoa de verdade, nada nos impede de amá-la mil vezes em situações diferente.

Nesse livro, como já disse, várias perguntas terão respostas. E o mais importante de tudo, Alícia amadureceu, deixou de ser boba e mimada; Noah/Thales continua sendo lindo; e Raul aquele romântico incorrigível. Várias coisas vão acontecendo, momentos esses que me fez ficar sem respirar. Lígia se mostrou mais madura e bem mais segura no que escreve. Como já disse e volto a repetir, é visível a mudança na escrita da autora e ver o quanto a mesma cresceu e aprendeu. É tão bom e fico extremamente feliz, pois acompanhei esse crescimento.

- O que seria de todos nós se não existisse a esperança? Somos movidos pela esperança, pelo otimismo, perseverança, e, muitas vezes, pelo amor! Temos que confiar que tudo vai dar certo. Pensamento positivo!

É um livro que nos prende à história. Na verdade, a série em si nos faz isso, apesar de algumas passagens desnecessárias, as quais me fez ficar um tiquinho cansada. Devo dizer que a chegada ao final da trilogia me fez ficar extremamente chorosa. Chorei pelo final satisfatório e chorei por Thales/Noah, meu personagem preferido e com um final digno.

Essa é aquela resenha que vou falar, falar e, no final das contas, não falar nada. Peço apenas que deem uma chance e se surpreendam com mais uma autora nacional que merece o reconhecimento.

(...) uma vida curta com amor é melhor do que uma vida eterna, mas vazia.

Resenha dos outros livros:



Nenhum comentário

Postar um comentário