Resenha: O Caminho do Poço das Lágrimas, de André Vianco. #137

11 fevereiro 2013


O Caminho do Poço das Lágrimas
Autor: André Vianco
Editora: Novo Século
Número de Páginas: 200
   
Sinopse: Você está preparado para cruzar O Caminho do Poço das Lágrimas? Naquela manhã, Jonas, Ingrid e Bosco não estavam quando despertaram subitamente em frente a uma sombria passagem de pedras, enveredando por uma floresta escura e fria. O trio voltava de uma viagem de final de semana quando o pai, Jonas, acabou errando o caminho. Agora, perdidos, Bosco – o caçula – tem sede; Ingrid tem pressa; e Jonas, tem medo. Medo de explicar aos filhos como foram parar diante do caminho do poço das lágrimas, medo de não ter tempo, medo de estar fazendo tudo errado em sua vida. O Caminho do Poço das Lágrimas, escrito por André Vianco e ilustrado por Lese Pierre, vai conduzir o leitor numa jornada tocante e inesquecível.


            O primeiro ponto que quero detalhar na resenha é a arte gráfica do livro, desde a capa até as ilustrações internas. Lese Pierre soube transmitir em minuciosos detalhes toda a essência que o livro quer nos passar. Todos os desenhos tem como base o trecho do texto em que está inserido. No início de alguns capítulos contamos também com pequenos desenhos que nos trazem o que será tratado em específico.




            O segundo ponto é: em que mundo eu vivia que nunca havia lido nenhum livro do André? Sério gente, eu tava no mundo da lua, só pode. Através de uma escrita majestosa, digna de poucos autores (tanto nacionais quanto internacionais), André narra os trejeitos que fazem os três personagens principais chegarem até o caminho que leva ao poço das lágrimas.
            Jonas é pai de duas “crianças”: Ingrid e Bosco. Eles estão em uma viagem, só os três. Ele se preocupa muito com o trabalho e essa foi a brecha que teve para passar um tempo só com os filhos.
            Todos adormecem e acordam fora do carro. Em um lugar distante e desconhecido.

Seus olhos foram para os dois lados, alimentando a certeza de que ele e os filhos estavam sozinhos num vasto campo verdinho. A claridade do amanhecer crescia lentamente, muito mais devagar do que o normal, deitando sua luz na fina faixa de asfalto metros à frente, entrando suave na ramagem das árvores às costas dos viajantes. Enquanto isso, os três continuavam imóveis no chão gramado, no meio do nada, digerindo lentamente aquele cenário.

           A partir de então, eles começam a caminhar em busca de algo que nem mesmo sabem. No início, estão apenas tentando chegar no carro, para então voltarem para casa. Mas o pai sabe que algo de estranho está acontecendo. Ele esconde um segredo que só nos é revelado no final. Mesmo assim, todos os indícios que as crianças dão não são os verdadeiros, prestem atenção durante a leitura. 





O final é surpreendente. Realmente é um livro perfeito desde o cuidado com as ilustrações e cores até a maneira com que o autor relata algo que é cotidiano na vida de todo ser humano. A vida se renova. É a única dica sobre o que seria este algo relatado, rs.
Super-indicado! Ah, e não percam o novo livro do autor. A capa é bem chamativa e eu estou curiosíssima para tê-lo em mãos *-*. Até a próxima.





9 comentários

  1. Eu tb adoro o livro! realmente surpreendente! Vianco tem o DOM!

    Espero, assim como você, poder ler logo suas próximas obras!

    E esse final? a gente se choca tanto que não sebe se xinga, se revolta ou vai massar a cara dele! lol

    hehe

    Beijos!
    ~-Lyoko

    ResponderExcluir
  2. Realmente a capa é bem chamativa, me deixou curiosa. Crianças entre aspas quer dizer que não são crianças?? Pensei em aliens, haha. Fiquei curiosa quanto a leitura.

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu preciso ler urgentemente este livro!! Vianco é fodastico e é um dos meus autores favoritos *-*
    Parabéns pela resenha xD
    http://www.umomt.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá Pam.
    Não tenho muito o que falar sobre o Vianco, só de que sou fã dele. Ainda não li essa obra, mas li outras e sou apaixonada pelo trabalho dele. Tenho certeza que esse livro é fodástico e sei que irei gostar.
    Adorei a resenha.

    Abraços
    Jéssica Anitelli

    ResponderExcluir
  5. Eu nunca li nada do Vianco ~me julguem~
    Para ser sincera, eu achava que ele só escrevia sobre vampiros. Pela sua resenha e por me contar o final (u.u), o livro parece ser realmente bom. Apesar da capa, é claro.
    Gostei das ilustrações internas (embora a da primeira foto tenha me dado medo. Que rostos são aqueles?!) :3
    Parabéns pela resenha *-* (e, sim, todos nós percebemos o spoiler que você nega ter escrito u.u)
    Beijoos,
    http://mundo-da-noite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Vianco é Vianco e ponto!

    Ainda não li esse, mas crendo no que já sei sobre o autor e com a ajuda de sua resenha, aumentou minha curiosidade!

    Parabéns!

    Lu. Franzin

    ResponderExcluir
  7. Oi flor,
    Eu ainda não li nenhum livro desse autor.
    MAs adoro esses livros com lindas ilustrações.
    Depois de sua resenha fiquei bem curiosa por essa leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Viaco é sempre uma ótima leitura, já li todos os livros dele menos esse e O Caso Laura. Não deixe de conhecer os vampiros que ele criou, são realmente incriveis e apaixonantes :)

    Bjs
    Jéssica
    http://lilianejessica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Marcio de Oliveira Gonçalves27 julho, 2015

    eu gostei, mas ainda prefiro A CASA, outra obra do autor voltada para o espiritismo.

    ResponderExcluir