[Resenha] Os Segredos de Landara, de Bruna Camporezi

04 abril 2013



Os Segredos de Landara – Redescobrindo o Passado
Autora: Bruna Camporezi
Editora: Novos Talentos da Literatura Brasileira – Novo Século
Número de Páginas: 439
 

Sinopse: É preciso coragem para desvendar o passado ... Acordar em um lugar sujo e completamente estranho parece algo insano demais, principalmente quando uma jovem percebe que está dentro de uma prisão e não consegue se recordar nem mesmo de seu próprio nome. Completamente perdida, sua única escolha é tentar se comunicar com os outros encarcerados, como James, um antigo prisioneiro que parece saber muito sobre ela. A garota descobre que está em Landara, uma ilha que abriga criaturas incríveis e civilizações bem peculiares. Para desvendar os mistérios desse lugar, terá que encontrar Klaus Leone, um cientista genial que há tempos esconde algo que poderá mudar o futuro da ilha. E ao contar com a ajuda de diversos companheiros, acabará se apaixonando por um deles. As descobertas de seu passado e sobre este mundo aumentam a cada página e, de forma surpreendente, acabam alterando o rumo da viagem, obrigando-a a enfrentar situações que ela só acreditava ser possível em sonhos. O que esta extraordinária ilha tem de tão oculta?

Encostei minhas costas na parede. Esfreguei meus olhos mais uma vez, tentando imaginar que tudo aquilo era um sonho, e que logo, logo eu acordaria e finalmente entenderia o que estava acontecendo. Mas, ao abri-los novamente, tive vontade de chorar.


O que você faria caso acordasse num lugar estranho e em que nunca havia estado? E se, além disso, você não lembrasse ao menos seu nome, sua vida? Foi isso o que aconteceu com a protagonista de Os Segredos de Landara, cujo nome descobriremos apenas mais para frente.
Narrado em primeira pessoa, podemos classificar o livro com uma ficção repleta de romantismo e fantasia. Landara é uma ilha que não pode ser vista pelos humanos, e os habitantes da mesma também não veem a civilização. Nesta ilha, além de segredos, criaturas fantásticas e belezas inigualáveis, há também um enorme castelo, construído por Patrick. Neste castelo, estão abrigados seres que contêm poderes, digamos, mágicos. Cada um ali tem um dom. É de dentro de uma cela que conhecemos James, um pirata capaz de ler a mente dos outros. Cada passo dado pela protagonista é acompanhado de perto por outro prisioneiro, James, compreende? Só quem leu o livro vai entender o famoso jargão que ele instala nos leitores, RS. Inclusive durante a fuga, ela não pôde deixá-lo de lado e ambos escaparam.
Uma criatura belíssima ajudou-os neste percurso. Thomaz Dobranz, foi tocado por ela, e neste mesmo instante descobriu-se ligado a ela de uma maneira quase que psíquica. O instinto de protegê-la se aflorou e os três caminharam junto à liberdade.
O que não sabia era que havia segredos por trás de sua prisão inesperada. Uma profissão e um nome foram ditos por Patrick antes da fuga: cientista e Klaus, seu companheiro de pesquisas. Inicia-se aí a busca por informações que a fizessem lembrar-se de toda sua vida.

Eu realmente parecia uma criança, descobrindo tudo aos poucos, coisas que eu já deveria saber. Dizem que a única coisa que não podem roubar de você é seu conhecimento... Bom, me enganaram! Foi exatamente isso que levaram de mim e, talvez, muito mais. Roubaram a minha própria identidade e principalmente minha paz. Deixaram-me sozinha, sem sequer me lembrar de como usava meus poderes. Sacanagem... Mas tudo bem, as coisas estão prestes a mudar, assim que encontrar Klaus Leone.

                Um espelho. Uma luz verde. Ela descobriu que poderia derrotar o tirano Patrick. Mas somente o tempo e o destino podiam confirmar tal fato. Atravessar um deserto de areia quando há criaturas em seu encalço não foi nada fácil. Achar que estava apaixonada por Thomaz também não, ainda mais quando chegam até o reino de Rosara, belas Nínfilas (que originaram as fadas, na linguagem humana) que encantam a todos que passam por ali. Ela saiu de lá com um novo companheiro, um bichinho fofo e que podia se comunicar através do poder da mente, o lindo Dylin (consigo imaginar ele como um smurf versão peludinha e em forma de bolinha, rs).

Dylin olhou em meus olhos em agradecimento e logo após abriu seus bracinhos em minha cintura, em um mini e fofo abraço.

                O caminho para a vitória estava apenas começando, e foram até a cidade em busca dos amigos de Thomaz, que eram loucos o suficiente para entrar de cabeça nesta aventura. Foi lá que encontrou um lindo anjo de asas negras, Derick, e as cenas em que estão juntos são simplesmente perfeitas e divertidas. E é mais ou menos nessa época que ela tem de volta suas memórias e redescobre tudo sobre sua vida.

- Então, você é gamada no meu corpo? – Ele tinha um sorriso malicioso no rosto.
- Eu não disse “gamada” – retruquei, embora soubesse que era bem essa palavra que me descrevia - , eu usaria a palavra “observadora”. Ah, qual é, isso parece Photoshop!

                Apenas posso descrever as sensações que senti durante a leitura com uma palavra apenas: única! Nunca havia sentido tanto amor, tanto ódio (com Thomaz, e quando vocês lerem entenderão), tanta compaixão. Nunca havia lido algo que mistura romance, literatura fantástica, magia, ação e aventura. Landara é uma ilha magnífica de acordo com as minuciosas descrições cedidas por Bruna e nos dá aquela sensação de que já estivemos lá. Só posso agradecer, primeiramente, à autora por ter me dado a oportunidade de viajar por uma história linda. Em segundo lugar, à Editora Novo Século, por dar a chance a centenas de pessoas de se deleitarem com este belíssimo livro. Estou ansiosa pela continuação! Ah, encontrei alguns errinhos de revisão e de reconstrução gramatical, mas nada que na próxima edição não seja concertado ^^.
                Em breve, promoção dele no ar. Então, fiquem de olho! Até breve ;)

Queria poder encostar em mim e ser capaz de me controlar, controlar as coisas que eu sentia, controlar meus medos, minhas ansiedades... meus sentimentos... e assim forçá-los a sair de mim. Mas aparentemente essa era a única coisa que não podia controlar: eu mesma.

Tenho duas vidas... Uma que deixei para trás e uma que eu recomecei em Landara.

18 comentários

  1. Comprei esse livro ontem depois de ler tanta coisa boa sobre ele,e sua resenha só aumentou mais ainda de me jogar nessa fantástica narrativa!!!

    bjss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Já li.
    É excelente!!!
    Eleonor
    www.eleonorhertzog.com.br

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela resenha Pâm! Você me deixou ainda mais ansiosa para ler Os Segredos de Landara! P. S.: já me encantei com o Dylin, só pelas suas palavras *-*. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  4. Ei Pam! Como vai?
    Muitos livros bons livros novos né?
    Esse parece bem legal... Uma história bem a minha cara. Vc sabe que eu amo fantasia e que apesar de não estar muito ligada em romance, um livro assim é uma ótima pedida!
    Valeu pela dica e parabéns pela resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Pamela, seguindo aqui. Segui de volta? Eu tinha ouvido falar deste livro, mas nunca dei muita bola para ele. E realmente seria angustiante se eu acordasse em um lugar qualquer sem saber quem eu era, surtaria na hora. Deu até uma vontadezinha de lê-lo agora. Tem post lá no blog passa lá. Esperando a sua visita.

    ResponderExcluir
  6. Livro maravilhoso!!! Me diverti muito lendo ele.
    Assim como vc estou ansiosa pela continuação.
    Brubs

    ResponderExcluir
  7. Nossa Pam, não podia esperar resenha melhor. Você me impressionou! Sério mesmo, muito obrigada!!!
    Resenha perfeita!
    Obrigada!!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. gostei da resenha pam, mas ja li uma que fala que o livro não é tão perfeito assim. entao estou querendo ler para tirar minhas próprias conclusões

    ResponderExcluir
  9. Estou ansiosa para poder ler! Adorei a resenha =D

    Beijos
    Deise

    ResponderExcluir
  10. Nossa parabéns a autora,acho que os autores nacionais estão melhorando muito a cada dia...pena que ainda não são tão valorizados,tem pessoas que conheço que ainda prefere internacionais.
    Olha a resenha ficou ótima e eu amo fantasia,acho que é um mundo imaginário fabuloso e melhor ainda quando a autora(o) brinca com nosso imaginário.
    Muito bom e não acho que contém spoiler^^.
    Bjus!
    Tamires C.

    ResponderExcluir
  11. Adoro ler resenhas empolgadas assim de autores nacionais.
    Amo boas fantasias independente da nacionalidade de seus autores e esse livro parece repleto disso e de muito mais.
    Ahh, qro ler só p descobrir o nome da protagonista ^^
    Bjus!

    ResponderExcluir
  12. Já li várias resenhas sobre este livro, e sua resenha só fez aumentar mais a minha vontade de ler ele. A história é bem envolvente. parabéns pelo blog, bjs

    ResponderExcluir
  13. Adorei.Espero ansiosamente.

    ResponderExcluir
  14. a bruna jah eh minha amigaa e me ajuda mt e cada dia mais qro mt ler esse livroo!

    adoreiii
    espero q ganhe na promoção


    beijos
    http://cantinhodanina19.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Amei a sua resenha e acho que vou comprar

    ResponderExcluir
  16. Andressa Nunes23 abril, 2013

    Resenha muito boa, abordando pontos fortes do livro, despertando o interesse dos leitores, vale a pena conferir.

    ResponderExcluir