[Resenha] O Vale dos Anjos

07 maio 2013


O Vale dos Anjos
Autor: Leandro Schulai
Editora: Novos Talentos da Literatura Brasileira – Novo Século
Número de Páginas: 414

Sinopse: Para muitas pessoas, a frase “até que a morte os separe” é a afirmação de que morrer é o fim de tudo, inclusive para o amor. Mas se fizermos essa pergunta para o grego Dimitris Saloustros a opinião será bem diferente. Com uma morte precoce e uma promessa feita à sua amada o rapaz parte em busca do desconhecido Vale dos Anjos, local onde se encontram as maravilhas do Paraíso e o medo e apreensão das oito prisões, em busca de cumprir o seu feito. Auxiliado pelo anjo-guia-de-enterro, Obelisco, cujo humor o ajuda nos momentos difíceis, pela cupido Anne cuja beleza é incomparável e treinado pelo misterioso mestre Ramirez; Dimitris parte em uma jornada recheada de grandes belezas, pessoas marcantes e mistérios complexos que o farão perceber que nada é por acaso e que sua estadia nesse misterioso lugar já era aguardada a muito tempo...


             Um novo livro sobre anjos, o terceiro com esta temática, lidos apenas nesse primeiro semestre deste ano.
              Na maior parte dos livros que encontramos sobre o tema, anjos se apaixonam por humanos após terem “caído” do céu. Em contrapartida, Schulai inovou ao mostrar a vida dos anjos ainda em sua morada eterna.
               O personagem principal é Dimitris Saloustros, um rapaz de apenas 22 anos de idade que se vê em um dilema pessoal: ele sabe que algo de terrível irá acontecer. Esse algo terrível interromperá com todos seus planos, tanto individuais, quanto ao lado de sua bela esposa, Mariah. Ele sabia que o dia havia chegado desde o momento em que acordara. Quando se dirigia para o trabalho, foi acometido de uma paz imensa que o fez ver um ser de branco frente ao carro. Ele havia falecido da maneira mais simples e sem explicação. Um infarto fulminante dentro do carro, seguido de uma batida em uma arvora foi o que levou o jovem até seu julgamento.
                O ser de branco era realmente celestial. Um guia-de-enterro, Obelisco, foi enviado para ajudá-lo. Foi ele quem desvendou as hierarquias dos anjos e lhe apresentou o lugar conhecido como Paraíso. A partir daí a trama se desenvolve e Dimitris busca incessantemente uma maneira de se juntar novamente a sua amada.
         Todos os personagens, tanto secundários quanto principais, são muito bem desenvolvidos e conhecemos a fundo Dimitris e Obelisco com riqueza de detalhes. Da mesma maneira é descrito todo o ambiente em que os personagens se encontram. Schulai é mestre em uma narrativa descritiva e cheia de aventura.
                Um livro diferente e maravilhoso. Vamos esperar para ver o que o próximo livro vai nos trazer!

3 comentários

  1. ´Que bom que gostou do livro!
    não conhecia, vou ler!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias
    Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Único livro de anjos que eu li foi os do Eduardo Sphor que é mais voltado
    ao RPG e cosias do gênero.

    Me interesei!

    Gabriel - umpapoentrepaginas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não gosto muito quando um anjo se apaixona por uma humana e tal, além de clichê as historias sempre acabam (e desenrolam) do mesmo jeito. O anjo é perseguido/expulso, mas no fim o casal fica junto e.e

    Gostei da resenha desse livro, gosto de livros de anjos, principalmente quando não tem essa de se apaixonar por uma humana kkkkk'
    Vou deixar na minha lista de leitura

    ResponderExcluir