[Resenha] O Julgamento de Lúcifer

20 fevereiro 2014

O Julgamento de Lúcifer
Autor: Adriano Moura
Editora: Novo Século
Número de Páginas: 86
5_estrelas.png (145×27)

Sinopse: O Julgamento de Lúcifer é um reality show surrealista em forma de livro, ou um romance que pode ser encenado ou lido em voz alta, porque nasceu no teatro e não esconde essa identidade. Como pode também, sob uma luminária, ser motivo para reflexões silenciosas. Com uma linguagem repleta de metáforas e simbologias, o romance faz referências às culturas pop, bíblica e literária para apresentar personagens que transformam a vida em ficção a fim de justificar seus atos. Caberá ao leitor escolher em quem ou em que acreditar.


No princípio era o verbo, e este se fez carne

Em apenas 86 páginas vemos uma incrível história, na qual Lúcifer é o personagem principal em um reality show, comandado por Ricardo, e cujos apresentadores eram, respectivamente: Olinto, Jéu e Mariana, um padre, um pastor e uma espírita. 

- Isso o homem aprendeu sozinho – disse Lúcifer, definitivo. – O único que me fez perder tempo, bem, isso já é um fato conhecido. Gostei dessa história de televisão. É uma espécie de Reality Show? Isso sim vocês poderiam atribuir a mim. Só uma mente perversa como a do Diabo inventaria algo como “Big Brother”, “A Fazenda”! Pode ser esse o formato do programa. Ficaremos confinados aqui neste estúdio, e vocês tentam me convencer a “confessar”. Quem for eliminado no paredão entrega a alma a mim.

Através deste programa ao vivo, os espectadores poderiam julgar o que achavam que deveria acontecer com Lúcifer. Eis que surge um advogado para ele. Nada menos que Deus.

Em qual dos dois você confiaria?

Pois é, eu confiei desde o início no personagem errado. Os religiosos devem passar longe dele, a menos que levem o livro como pura ficção teatral, pois, caso contrário, ficarão extremamente decepcionados com o autor.

Sinceramente eu adorei a escrita do autor. Li algumas resenhas não tão positivas, mas ele soube utilizar um tema polêmico para o mundo religioso juntamente do humor sarcástico e negro de forma incrível. Durante toda a narrativa, imaginamos algo completamente do final que nos é apresentado e foi uma grata surpresa. E logo no início do livro vemos a visão da vida mundana de Lúcifer, antes de ser enviado para o Inferno. Foi muito bem bolado - e triste, ao mesmo tempo.

A diagramação que a editora preparou para a obra é simples, e o papel não é o dos melhores, mas nada que atrapalhe durante a leitura. A capa sim é belíssima e igualmente simples.


Em suma, o livro me conquistou e fiquei com vontade de ler mais. Espero que o autor crie mais textos como este.

Deus é uma metáfora; O homem, a metonímia.


E essa é a capa da peça em cartaz. Reparem bem nesse Lúcifer. Aiai .... hahaha.

10 comentários

  1. Ai meu Deus, menina que livro é este? Estou hiper, mega curiosa agora para ler ele. Como assim um reality com o próprio Lúcifer? Ha não você precisa me explicar isso direitinho. Não pensando bem deixe, assim fico mais empolgada para ler o livro.Hahahahaha
    Não preciso dizer que quero urgentemente este livro né. Parabéns pela resenha!

    Beijokas Ana Zuky

    http://www.sanguecomamor.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olha, eu já li esse livro... gostei muito da história, gostei do autor ter mostrado toda a hipocrisia do ser humano. Esse quote que fala dos realitys shows que você colocou na resenha é fantástico.

    Mas chamar o ser humano de hipócrita é uma coisa... (Quem não leu o livro, se estiver lendo o meu comentário, pare agora!) Agora, abordar Deus como ele abordou no final é uma coisa completamente diferente. Eu acredito em um Deus bom e justo, que sempre dá uma segunda (e até milésima) chance, e não engoli aquele desfecho. Fora isso, foi uma boa leitura.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  3. Quando vi esse livro, não fiquei muito interessada em lê-lo e nem
    procurei nenhum resenha para saber mais sobre o conteúdo.
    Bem, pelo o que li aqui, deve ser um livro muito bom, onde nos
    pega desprevenida. Como sou cabeça aberta é certo que irei gostar.
    Uma peça de teatro hein? Que legal,
    bjs

    http://www.loveebookss.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie Pam =)
    que capa bonita, primeira vez que leio sobre o livro, e infelizmente não é o gênero que goste, apesar da tua opinião, sou medrosa. rs
    Não pretendo ler esse.
    Beliscões da Máh ♥
    Blog
    Instagram

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Fiquei curioso com esse livro hein e quando lia sua resenha me lembrei imediatamente de 'O Auto da Compadecida' por termos os julgamentos e etc. Adorei a premissa e fiquei ainda mais curioso quando você menciona que o final é uma surpresa completa. E tem tão pouquinhas páginas, deve ser fácil e rápido! Vo procurar esse livro e quem sabe gostar dele também!
    (Queria assistir essa peça ;-;)

    Abraços!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  6. Menina!
    É a segunda resenha que vejo desse livro e ele me agrada muito mesmo! Fiquei muito curiosa para ler, apesar de ser fininho ele parece bem intenso!
    E eu amo teatro!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Um tema bem polemico para se abordar. Deus, o Diabo e um Reality Show. Sinceramente, acho que não leria esse livro. Nunca fui fã de reality show e mesmo aparentemente sendo uma critica, ler sobre isso iria me irritar. Mas que bom que você gostou da leitura.

    Beijos,
    Bell

    http://contosdoguerreiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Realmente o autor abordou um tema bem polêmico e deve realmente agradar públicos específicos, eu não sei se leria, pois apesar de não ser fanática religiosa, eu tenho muita fé na minha religião e não gostou quando um livro tenta colocar Deus de forma inovadora. Mas enfim que bom que gostou do livro, acho que eu iria adorar se o reality show fosso sobre lucifer torturando os participantes, rsrsrs, pena que não é isso.

    Bjs
    Aline Lima
    http://alinenerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Que tema em?
    O livro parece muito bom, no meu caso eu teria que largar minha religião para poder ler esse livro, mas achei muito interessante o autor abordar um tema muito polêmico.
    O post da peça é lindo e me deu muita vontade de ir ver.
    Beijinhos

    http://www.eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá Pamella!
    No mínimo é curioso esse livro. Fiquei mega interessada em saber como seria esse reality com Lucifer!
    Nunca vi nenhum livro parecido.
    Gostei bastante da sua resenha!
    Beijinhos

    ResponderExcluir