[Resenha] Real, Louco, Mortal

13 abril 2014

Real, Louco, Mortal
Ela pensou que era um acidente. Ela estava errada.
Autora: Hannah Jayne
Editora: Companhia Editora Nacional
Número de Páginas: 263
5_estrelas.png (145×27)
 Sinopse: Sawyer Dodd sempre desperta inveja por onde passa: é uma excelente aluna, uma atleta dedicada e é a namorada de Kevin Anderson, o sonho de consumo de qualquer garota. Mas, quando Kevin morre num trágico acidente de carro, e ela encontra em seu armário um enigmático bilhete que contém apenas a inscrição “De nada”, Sawyer vê seu mundo virar de cabeça para baixo. Alguém que sabe o que Kevin fazia com ela. Alguém que sabe que eles não eram o casal perfeito que pareciam ser. E esse alguém é um assassino que está no encalço de Sawyer, acompanhando todos os seus movimentos... Mortes, intrigas, perseguições, em uma narrativa alucinante onde ninguém é o que parece ser!

Primeiro suspense publicado da autora Hannah Jayne no Brasil, Real, Louco, Mortal nos traz a história de vida da adolescente Sawyer Dodd. Como típica garota americana, ela estuda em um colégio daqueles que tem armários nos corredores, aulas extras na orquestra e um bom carro para se locomover.

A protagonista acaba de se mudar para um local mais afastado da escola e do centro, já que seus pais se separaram e o progenitor resolve formar uma nova família ao lado de Tara.

É seu primeiro dia de aula após a fatídica morte de Kevin Anderson, seu namorado, em um acidente de carro. O mais intrigante é o bilhete encontrado em seu armário. Nele, um recorte de jornal sobre o acidente e um papel, o qual dizia:

De nada.

Sawyer não sabe quem pode ter escrito ou deixado o envelope em seu armário, mas começa a perceber que não era somente ela quem sabia o quanto havia sofrido no relacionamento com o jovem já morto.

A cada pessoa que entrava na vida da garota para fazê-la sofrer, uma nova morte acontecia, sempre seguida de um bilhete e, até mesmo, de flores. Quem será que está por trás disso tudo?

Um thriller psicológico magnífico e emocionante, escrito pela perspectiva de um narrador observador. Suspense na medida certa. Juro que achava, pela narrativa e pela “loucura” que a personagem apresentava, que a maior culpada era a própria Sawyer. Mas, como sempre, me enganei feio. A cada momento, um novo personagem é considerado culpado, mas todas as provas vem de encontro à S. , provocando um enorme desconforto e uma busca maior em provar e encontrar o causador de tanto mal.

Eu faria qualquer coisa por você...


A editora trabalhou maravilhosamente no livro. Tudo muito simples, mas belo, como demonstrado na foto/ montagem abaixo (desculpem a má qualidade, foi tirada pelo celular). Com certeza vou procurar mais trabalhos da autora no Goodreads e rezo para que os publiquem, pois Hannah soube levar uma incrível narrativa!


11 comentários

  1. Muito interessante! Real, Louco, Mortal parecer ser um típico suspense YA (comparando a PLL). Me chamou atenção quando você falou do bilhete que foi encontrado no carro "De Nada". Parece ser muito bom. Me deixou com vontade de ler!!!

    ResponderExcluir
  2. Ora ora, quem eu achei :D
    Quanto tempo em dona Pamela.. Saudade de ti, lembrei de vc esses dias e nem te achei, achei hoje por acaso em um post meu que vc comentou :D
    Conte-me as novas..

    Sobre o post, eu achei bem interessante, fiquei curiosa para ler depois desse mistério do bilhete. Já anotei na minha listinha :D

    Kisu
    eraoutravez.com

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    É um livro bem legal e diferente, adoro esses suspenses rsrs! Que bom que você gostou da leitura, eu também curti muito a sua resenha.
    Abraço, www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro, parece ser muito interessante. Gosto quando o livro consegue manter o suspense até o final e a toda hora você acha que o culpado é um personagem diferente.

    Bjinho,
    Pri.
    pirigueteliteraria.blosgpot.com

    ResponderExcluir
  5. Achei super interessante!! Aliás, conheci essa editora há pouco tempo, mas ela parece mesmo estar fazendo um trabalho maravilhoso. Se a narrativa é tão incrível assim, tomara que a autora tenha mesmo mais livros e que publiquem todos!!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Achei a premissa super interessante, livros de suspense que conseguem nos entreter até o final sem nos deixar óbvio o culpado, são os melhores!
    Fiquei bem curiosa sobre esse, vou adicionar a minha lista :) Obrigada pela dica, e parabéns pela ótima resenha!
    Beijos e boas leituras!

    ResponderExcluir
  7. Oieee, adorei a capa do livro, bem enigmática e muito charmosa kkkk, quando você disse sore o bilhete eu me lembrei de PLL kkkk, enfim, eu leria esse livro, adoro estes livros com protagonistas americanos e muito suspense rsrs, Abraços

    ResponderExcluir
  8. Oi flor.. Eu adorei a resenha, já havia lido em outro blog... fiquei muito afim de ler esse livro... a narrativa pareceu-me super bem escrita e pelo o que vc colocou tem um verdadeiro trabalho psicológico seguido de mistério e isso chama muito a minha atenção. Xero!!!

    ResponderExcluir
  9. Oi Pam,

    Não conhecia ainda essa obra, confesso que fiquei encantada com o trabalho da editora, a história também me pegou, gostou quando o autor consegue nos enganar dessa fora, que imaginamos cada hora um culpado.
    Dica anotada
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  10. Oi Pam, tudo bem?
    Adoro tramas policiais, principalmente quando retratam o lado psicológico de quem comete o crime. Só por ter bilhetes, acho que a trama deve ser bem tensa, fiquei imaginando que o culpado estava perto dela, a observando, ai fiquei com medo!!!! E saber que ele faz isso por ela, é assustador.
    Gostei muito desse livro, vou querer ler sim!!!!!!!!!!!
    Beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Amei sua resenha e ela só aumentou a minha louca vontade de ler o livro,esse thriller psicológico realmente chamou minha atenção e é uma pena eu não ouvido falar dele antes. Estou tão curiosa para conhecer os detalhes de tudo o que acontece e principalmente para saber que é o remetente dos bilhetes.

    Muito obrigada pela dica,adorei ler suas impressões acerca do livro.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir