[Resenha] Soldier

04 novembro 2015

Soldier - Leal até o fim
Autora: Sam Angus
Números de páginas: 251
Editora Novo Conceito

Sinopse: Quando Tom Ryder é convocado para lutar na Primeira Guerra Mundial, não imagina o quanto o seu irmão mais novo, Stanley, sentirá sua falta. A única alegria do garoto são os filhotes de Rocket, a cadela premiada que é o orgulho da família. Porém, ao descobrir que Rocket teve filhotes mestiços, o pai de Stanley fica furioso e ameaça afogar os cãezinhos.Inconformado e desejando reencontrar Tom, Stanley foge de casa. Mentindo a idade, consegue se alistar no exército britânico. Somente o amor incondicional pelos animais será capaz de fazê-lo sobreviver à brutalidade e à frieza dos campos de batalha. Uma prova de que a inocência e a sensibilidade podem ser mais poderosas do que a guerra.

Não tenho muito mais o que falar, porque a sinopse já disse tudo, o que eu falar a mais aqui será spoiler.


(...)a cadela ainda seguia todos os seus movimentos; ele ainda era o sol em torno do qual o mundo dela girava. (Pág 20)

Quando vi o lançamento desse livro, me interessei e muito. Mas, como sempre, meu coração fica em frangalhos, pois, trabalho com animais. Para quem não sabe, trabalho em uma clínica veterinária, na parte de banho e tosa, então já perceberam meu amor por essas criaturinhas lindas e fofas.

Quando a Pamela me enviou o livro, eu fiquei hiper feliz. Já tinha visto vários comentários positivos sobre o livro, mas meu maior medo era: o que será que acontece com o cachorro? Eu tinha feito uma promessa logo depois de ler Marley e Eu, que eu iria evitar a todo custo ler livros onde os personagens principais são os animais. Promessa que eu vinha cumprindo até que bem. Não aguento ler e ver que os animais estão sofrendo,  perdidos,  perdendo seus donos. A morte, então, nem se fala...

-Se um cão ama você, ele fará qualquer coisa. (Pág 41)

E foi assim, com um cagaço enorme de morrer desidratada, que iniciei Soldier. Logo percebi o quão tocante seria o livro e, de cara, que se tornaria favorito. E não deu outra!

Stanley é um lindo e me identifiquei muito com ele. A forma com que ele trata e conversa com o seu companheiro, o carinho, a dedicação, a energia, a confiança que ele passa para o lindinho de quatro patas é o que mais me emocionou.

Soldier não é um livro que vai contar somente as alegrias e as tristezas do animal com seu dono. Ele traz a forma com a família, como o país viveu com a guerra, a forma com que pessoas, sem preparo  nenhum, foram treinadas e escolhidas para ela, a forma como permitiram que um jovem inocente fosse parar naquele inferno. E a pior parte - pelo menos para mim - foi o sangue frio com que usaram os animais na guerra, pois para salvar um homem, mandavam o animal no lugar. E o melhor de tudo foi que o livro não focou só em Soldier. Tem outro personagem lindo e bastante corajoso que me fez chorar em dobro que foi Bones, o primeiro companheiro de Stanley na guerra, um animal com uma alma sem igual. Muito mais que um cachorro, um anjo.

Eu aceito somente os homens de caráter mais elevado. É sua obrigação solene apresentar apenas as qualidades que gostariam de ver no seu cão, porque um cão que vive com um homem de coragem e determinação vai se tornar corajoso e determinado... (Pág 68)

Esse livro é baseado em fatos históricos e relatos reais, então nos dá uma sensação de realidade mesmo, de um livro biográfico. Eu senti tanto a realidade que me deu vontade de entrar na história e resgatar todos os animais daquela guerra e deixar somente os homens. Matem-se vocês, seus filhos da mãe!!!

Vou finalizar, porque eu amei tanto esse livro que se deixar eu vou ficar falando e nunca vou conseguir expressar tudo o que quero. Soldier é isso, é um livro tocante, lindo, que nos ensina uma grande lição: O animal, independente da espécie, quando ele confia no humano, ele é fiel até o fim.


33 comentários

  1. eu chorei litros que davam pra encher a cantareira com Soldier. A história é linda e tocante... <3

    ResponderExcluir
  2. Oieee.
    Eu não quis ler esse livro porque sabia que iria chorar... Não posso ler nada dramático com animais eu sofro muito!


    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Olá.
    Não sei, mas acho que tenho um problemas rsrs não li Marley & Eu, e todos os livros que envolve cachorros me desanima logo de cara. Gostei da resenha, mas não é um livro que posso dizer que lerei.

    Bjs
    http://nosleitoras.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Bruna, amei sua resenha, mas acho que não leria o livro mesmo sendo tão apaixonante, pois sou bastante sentimental quando é relacionado a animais, até hoje estou criando coragem de ler o livro Marley e Eu.
    Beijos
    Eu e meu vício chamado Leitura

    ResponderExcluir
  5. Esse livro deve ser fofo, e sua resenha foi puro amor! Fiquei interessada no livro, sério! Espero conseguir ler ele logo. <3

    ResponderExcluir
  6. Bruna lindona eu já me apaixonei pela capa, e lendo as resenhas fiquei mais encantada com o dono e todo carinho com o cachorro. Eu amo animais de estimação, como sempre choro em livros com animais estou me preparando psicologicamente para ler . beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  7. Esse livro é emocionante demais, eu amei!

    http://thunderwave.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá Bruna, como vai?
    Você acredita que até hoje não li nenhum livro com essa temática de animais?!
    Pois é, acho essas histórias sempre muito tristes. Quem sabe um dia né.
    Beijo
    www.livricios.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Bruna tudo bem?
    Ai, eu também amo cachorros e estou louca para ler este livro.
    Estou vendo que ia ficar com raiva também, pelo fato de levarem os animais para guerra, que nem tem culpa de nada e não pediu para estar ali.
    Adorei saber sua opinião e que gostou tanto. Acho que somos suspeitas para falar haha

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi. Não dava nada pelo livro, até que a Maria Valéria falou tanto dele, que até eu senti vontade extrema de chorar... Fiquei com vontade de ler.

    ResponderExcluir
  11. Ai gente, eu não aguento ler um livro assim, morro de chorar. Depois que minha gatinha morreu de câncer eu fico muito sensível com esses livros e filmes e não consigo ler nem assistir, mas sei que deve ser bom, só não vou ler porque não quero me desmanchar em lágrimas.

    ResponderExcluir
  12. Oi Bruna.
    Eu me apaixonei pela capa só de ver essa carinha, fofa, e lendo a resenha fiquei mais fascinada em ler o livro, sou louca por doguinhos eu tenho uma maltês de um aninho ela é muito carinhosa. Vou anotar a dica desse livro, tenho a certeza que vou amar.

    ResponderExcluir
  13. Que capa linda, que história linda! <3
    Saber que é baseado em algo real faz ficar melhor ainda, né?
    Achei a ideia incrível, pois normalmente associamos a guerra ao sofrimento das pessoas. Os animais meio que são "deixados de lado", mas temos que nos lembrar que na realidade não foi bem assim...
    Adorei a resenha, o livro, tudo! <3
    Beijos *-*
    http://coisinhasaleatorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu não quis ler esse livro ainda porque sei que vou sofrer!
    Foi assim com Marley e Eu e acho que vai ser assim com esse também.
    Por enquanto pretendo me manter firme em não ler! rsrs
    Adorei ler sua resenha e ver que você gostou dele!
    O dia que eu tiver mais preparada eu leio! rsrs


    Beijinhos :)
    Bru Santos ♥
    www.queseame.com

    ResponderExcluir
  15. Oiie
    Sua resenha está ótima, gostei muito, mas não tenho interesse em ler o livro por agora, gosto muuito de cachorros mas livros sobre não me atraem tanto

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Hello!
    Nossa, lembro mto bem qdo lançou o livro e ja tinha amado a capa, pq tem um cachorro lindo!
    Eu tb fico mtooo sensivel qdo envolve animais, e mega te entendo, ainda mais que vc trabalha com essas criaturas lindas e fofas.
    Já gostei de cara do Stanley, esse é dos meus, tb falo com as minhas dogs e eu juro q elas respondem, mas do seu jeitinho, hehe.
    Por envolver a guerra, ja deixe o livro bem triste, e ainda mais sabendo que se trata de fatos históricos e relatos reais. Eu tb salvaria os animais, eles nao tem culpa dessa guerra ridicula. Vou ler com certeza!
    Beijos

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  17. Que lindo, flor! Tanto o enredo do livro quanto o seu amor aos animais, que está expresso em cada palavra na sua resenha. Adorei ler a sua opinião. Eu também chorei horrores em Marley e Eu. Depois de concluí-lo, dei-o para outra pessoa e hoje me arrependo. Deveria ter mantido aquela obra comigo. Pretendo comprá-la outra vez. Eu gostei muito de saber que Soldier é uma obra que não retrata apenas a realidade dos cães na guerra, mas o sofrimento das famílias e dos próprios soldados. Gostei muito de ver o teor histórico dessa obra. Quero lê-la, com certeza.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Eu não lio livros assim, justamente por não suportar essas coisas, então não dá néh, mesmo o livro sendo lindo, eu não leria, mais ADOREI A RESENHA <3

    ResponderExcluir
  19. Estou prevendo que vou sofrer horrores com este livro, mas como tenho um certo lado masoquista, fiquei com muita vontade de me desmanchar lendo-o *-*

    ResponderExcluir
  20. Oi Bruna, tudo bem?
    Soldier não foi um livro que me chamou muita atenção quando foi lançado, mas tenho lido tantas resenhas positivas que confesso que estou curiosa!
    Ele deve ter tido um significado todo especial pra você que trabalha com animais ♥.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  21. oooooooooownnnnnnnnnnnnn eu queria muito ler esse livro mas tenho receio porque disseram que acontecem coisas tristes...

    ResponderExcluir
  22. Oi, tudo bem?
    Eu amo cachorros de paixão e por isso toda história que vejo com eles eu fico animada, por isso estou doida por esse livro e quero muito ler *o*

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Bruna, já li várias resenhas sobre esse livro, mas não teria estrutura para ler ele na íntegra.
    Algumas resenhas já me fazem sentir uma dor horrível.
    A história é linda e muito emocionante.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  24. Esse livro deve ser uma ótima leitura, todo mundo fala muito bem dele, uma pena que não é muito o meu tipo de livro.

    laoliphant.com.br

    ResponderExcluir
  25. Oi! Quem não ama livros com cachorros, adorei a tua resenha, já estava curiosa antes sobre a obra, mas agora desejo realmente comprar o livro, parabéns.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
  26. Olá,
    Parece ser um livro bem tocante e emocionante, ainda mais para nós que amamos cachorros né ♥

    ResponderExcluir
  27. Olá... Bruna... bom eu não curto livros dessa temática de guerra e ainda mais envolvendo animais.... eu tenho trauma de cachorros, porque carrego uma cicatriz no rosto que um deles fez comigo, mas amo os filhotinhos e odeio quem os maltrata.... esse livro tem sido muito comentado... parece ser uma leitura linda e tocante, mas que não é pra mim... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Histórias com animais sempre me tocam, ainda mais sendo reais. Marley e Eu, Sempre ao Seu Lado... </3
    Esse eu evitei pra não chorar, pq né? Sou durona com livro, mas não mete cachorro no meio. rsrsrrs
    Beijos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  29. Me lembrou um pouco do cavalo de guerra, mas com um lado mais humano
    não faz muito meu estilo, mas qm sabe acabe lendo

    ResponderExcluir
  30. oi, tudo bem?
    eu prefiro não ler livros potencialmente tristes com animais, em especial cachorros, kkkk. Esse parece ser muito bonito mesmo, e o ambiente de guerra devei deixar tudo ainda mais emocionante e triste. Realmente, não existe ser mais fiel e leal que um cachorro, e muitas vezes, essa lealdade desmedida é de partir o coração
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Oi Bruna, tudo bom?
    Esse foi um livro que me arrependi de não ter solicitado. Só pelas resenhas eu já me emociono com a proposta e por falar de um cachorrinho. Além disso, tem como pano de fundo a guerra e isso faz tudo ser mais tocante. Espero ter a oportunidade de ler um dia porque a narrativa parece ser cativante.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Oi!
    Adoro livros de animais, como você eu sempre desidrato com eles, rsrs

    Bjs!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  33. Oi, tudo bem?

    Eu tenho dificuldades em ler livros com animais porque eu sempre sofro demais rs, mas o que eu gostei na premissa deste livro é que ele parece ter uma história que tem muitas nuances, não é apenas um livro sobre um cachorro e ponto final, fala também sobre a guerra. Achei interessante.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir