[Informativo] Acesso à Literatura

25 janeiro 2016

Livro Entre Quatro Poderes chega às estações do Metrô de São Paulo

Em parceria com a “24x7 Cultural”, visando facilitar a formação de novos leitores e incentivar o hábito da leitura, os autores de “Entre Quatro Poderes”, os jornalistas Anderson Fernandes, Rodrigo Dias, Débora Kaoru e Khadidja Campos disponibilizaram alguns exemplares do livro nas máquinas automáticas localizadas no Metrô de São Paulo. 

Segundo Fernandes, as máquinas da “24x7 Cultural” apostam na diversidade cultural e contam com uma variedade de livros, de renomados títulos, a preços acessíveis. “É um projeto muito interessante e como nosso objetivo é promover a leitura e ainda possibilitar que o livro ‘Entre Quatro Poderes” seja acessível, topamos esta parceria”. 

Khadidja acrescentou que a realidade brasileira mostra que o acesso de grande parte da população aos livros é muito restrito, por isso a iniciativa de oferecer “Entre Quatro Poderes” a um preço popular, nas estações do Metrô de São Paulo, é algo muito positivo. “Estamos satisfeitos com esta ação e esperemos conquistar novos públicos e leitores”.


Livro

O livro “Entre Quatro Poderes” tem gerado muitos comentários desde a pré-venda e tem sido um sucesso nas principais livrarias do País. No momento a obra está esgotada em alguns pontos de venda. O livro foi publicado pela Editora Novo Século e tem o selo Novos Talentos da Literatura Brasileira e discute o relacionamento entre as pessoas que comandam a política brasileira, reunindo histórias fictícias similares a casos vivenciados pelos autores Anderson Fernandes, Rodrigo Dias, Débora Kaoru e Khadidja Campos.

“Imagine um município qualquer do nosso país. Imagine um político que tem grande apelo popular e que é mais conhecido por um apelido esdrúxulo do que pelo próprio nome. Acrescente à isso a corrupção no meio político correndo "a volonté". Fácil, não? Isso porque Entre Quatro Poderes acerta em cheio em assuntos tão batidos e debatidos em nosso país: corrupção e impunidade. Aliás, qualquer semelhança entre essa obra de ficção com a realidade não é mera coincidência”, comentou Thiago Felício, do blog Papos Literários.

Gabriela Amoroso, do blog Pitada de Cultura, resenhou que Entre Quatro Poderes mostra o que está estampado todo dia nos jornais: a impunidade. Segundo ela, o livro ilustra, de forma revoltante, o abuso de poder, a manipulação da opinião pública e o descaso com o dinheiro público, que é usado para suprir os caprichos dos corruptos. “É impossível ler Entre Quatro Poderes sem fazer comparações com a crise pela qual estamos passando. Apesar de ser uma história fictícia, tem muita coisa real retratada ali. E é frustrante ver o quão injusta é essa situação. Saber que existem pessoas tentando fazer o certo e que uma combinação de fatores errados pode acabar com qualquer possibilidade de justiça desanima qualquer um. Recomendo para quem gosta do tema ou para quem está em busca de uma leitura diferente, que levante questionamentos e que faça refletir”.

Já a blogueira Kris Oliveira, do site Conversas de Alcova, opinou que a leitura de Entre Quatro Poderes foi espetacular, interessante e divertida. “Encontrei semelhanças entre a política de Suares e a política da cidade onde nasci e a da cidade onde moro atualmente. O que me leva a crer que esse é o retrato da política geral no nosso país. O que me enoja ainda mais e reforça a minha concepção de não apoiar partido algum para não fazer parte dessa barbárie”.

O Blog Ler Para Divertir, criado por Gisela Menicucci Bortoloso, classifica Entre Quatro Poderes como uma ficção com uma verdade bem brasileira. “Entre Quatro Poderes retrata, através de uma trama bem elaborada, a história de Churrasco, um cidadão brasileiro, de origem humilde, que entrou para a política de sua cidade natal, inicialmente inocente e bem intencionado, até que a máquina da corrupção vai envolvendo-o em suas engrenagens. O romance se passa na cidade fictícia de Suares, porém, representa a realidade política enfrentada em muitos municípios em todo País. Com um linguajar bem brasileiro, a história de Churrasco conquista o leitor, que deseja descobrir o que o levou a participar de grandes falcatruas políticas e nos faz pensar qual papel representamos nesta imensa teia de corrupção que envolve nosso país”.

A obra também já é conhecida por grandes personalidades, como a dramaturga Maria Adelaide Amaral e o jornalista Heródoto Barbeiro. “Parabéns pelo livro, que já li e gostei muito. Não é o amor que está no ar. É a política”, explicou a dramaturga. Barbeiro, âncora do Jornal da Record News e do R7, publicou nota sobre o lançamento do Entre Quatro Poderes no seu blog.


Divulgação

O teaser “O Esculacho”, produzido para divulgação do livro “Entre Quatro Poderes”, lançado pela editora Novo Século, já atingiu mais de 134 mil visualizações. O vídeo apresenta uma cena baseada em um dos capítulos da publicação.

Além do sucesso no YouTube com o vídeo “O Esculacho” (https://www.youtube.com/watch?v=M3rp-NyITlc), a página do livro no Facebook (https://www.facebook.com/entrequatropoderes) já tem aproximadamente 24 mil seguidores e na mesma são discutidos temas como consciência política, incentivo à leitura, conquista de objetivos, dicas culturais, além de notas relacionadas ao lançamento do livro. No Twitter são aproximadamente 8,9 mil pessoas que acompanham as novidades sobre a publicação. O livro também conta com o site www.entrequatropoderes.com.br.

Mais informações:

Anderson Fernandes: (11) 96757-9987

2 comentários

  1. Olá, tudo bem ?
    Vim agradecer o seu comentário em minha lista de Melhores do Ano, no blog Apaixonada por Livros.
    Convido a conhecer o meu blog : www.estilogisele.com.br
    Espero você lá.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Pamela pelo espaço. Seu blog é espetacular. Grande abraço.

    ResponderExcluir