[Resenha] A Voz do Arqueiro

18 fevereiro 2016

A Voz do Arqueiro
Autora: Mia Sheridan
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 336
Você pode adquiri-lo em: Amazon | Submarino

Sinopse: Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Baseado na mitologia de Sagitário, A Voz do Arqueiro é uma história sobre o poder transformador do amor. Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no Estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar. Logo seu caminho cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde. Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. De um lado, a história de uma mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda. Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar.

Depois de muito protelar – e de aguardar a continuação, para então poder ler – eu acabei com a lombriga anaconda que tinha de saber o que realmente acontecia em A Voz do Arqueiro. Sim. Todo mundo que eu conhecia já havia lido e falava horrores dele (pro lado positivo, é claro). Então era óbvio que eu tinha que dar, finalmente, a chance que a Mia Sheridan merecia. E não é que eu paguei a língua e deveria ter lido ele antes? Sim. Me apaixonei totalmente por Archer. Afinal, quem não se apaixonaria pelo virgem da história? ;)

A Voz do Arqueiro é o quarto livro de uma série escrita por Mia Sheridan. Seu grande diferencial é a escrita sob a perspectiva dos signos do Zodíaco, com todas suas características e influências. Apesar do que a capa nos transmite – algo voltado mais para o lado erótico da força –, o livro é emocionalmente carregado, trazendo à tona personagens traumatizados, incitando o leitor a refletir sobre suas próprias ações no cotidiano. Assim como afirmo na resenha de A Lista (que será publicada dia 21/02), este é também uma obra que nos carrega para dentro dela só pelo jeito com o qual é escrito e que as cenas são descritas.

A única coisa que buscamos durante a leitura são respostas para como o amor será capaz de modificar duas pessoas tão diferentes e, ao mesmo tempo, tão parecidas. Como ele seria capaz de curar um coração amargurado, atormentado, machucado, mutilado. Na realidade, será que um coração é capaz de curar outro?

Bree Prescott sofreu um grande trauma e, para esquecê-lo, resolve se mudar para uma cidade pequena do interior do Estado do Maine – Pelion – em busca do redenção interior que tanto precisava. E é lá que ela encontra um rapaz misterioso, calado, mas incrivelmente bonito. Archer Hale a intimida, mas ela sabe que eles estão fadados a se conectar de alguma maneira que ela não sabe qual. Não a princípio. Mas ao descobrir o quão maravilhoso ele é, tudo se transforma. Mesmo precisando ser curada, ela aprende que precisa ajudar Archer também a ser curado. Afinal, nunca ninguém havia parado para ouvi-lo, para auxiliá-lo a superar todos os traumas já sofridos.

É algo maravilhoso ver a magia de quando eles finalmente se encontram. Como almas gêmeas, os dois tem a missão de ficar juntos e fazer um pelo outro o que ninguém antes conseguiu. E além de abordar isso de uma maneira impactante, mas que não perde a beleza, Mia Sheridan fala sobre outros assuntos também, como a violência, o ciúmes, deficiências físicas, dentre outras coisas.

Surpreendentemente fortes, o enredo é maravilhoso e não deixa a desejar. É Por este e outros motivos que a autora se tornou minha queridinha e pretendo ler TODOS seus livros!!!! Arqueiro, pode publicando os demais loguinho, hahaha.

A diagramação interna é simples, no padrão das publicações da editora. Não encontrei erros de revisão e a editora optou por manter um certo padrão nas capas, o que é algo muito bacana, pois a série não perde a identidade, independente do país em que é publicada.


O segundo livro publicado aqui é O coração de Leão (primeiro da série) e já ouvi dizer que ele não é lá tudo isso. Mas eu conto depois pra vocês ;)

15 comentários

  1. Achei o livro muito bom, mas não chegou a ser maravilhoso pra mim.
    Acho que é pela carga de livros que já li com uma pegada parecida sabe? Então pra mim não teve muita novidade e acabou sendo o mais do mesmo pra mim. Gostei muito da escrita da Mia e gostei muito do drama pessoal de cada um e a forma como eles aprenderam juntos a dar a volta por cima neles, mas não lerei os demais livros da série.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  2. Oie, não li esse livro então minha opinião é bem leiga.
    Gosto do fato da autora ser criativa e usar o zodíaco para escrever a série, acho que dai já se pode esperar boas coisas.
    Quanto ao casal que se encontra, falta essa coisa de "magia" em alguns livros. Pelo menos eu acho..

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Oiii, ainda não tive oportunidade de ler este livro, Mas, o gênero não me agrada muito, principalmente que já vi resenhas do segundo e a maioria não gostou, isso me desanimou. Quem sabe eu daria uma chance mesmo pra conhecer melhor <3 Se eu ler, volto aqui para te contar.
    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Oi!

    Já live esse livro há alguns meses atrás, achei uma história boa, mas não fiquei encantada, também já li muitos livros parecidos com ele. Concordo que a Mia é uma ótima autora e leria as outras obras dessa série, mas em algum outro momento.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Pamela, comecei a ler esta série pelo segundo volume, e como gostei demais dele, vou seguir agora direitinho. Achei linda a forma como você resenhou o livro, sobre o encontro de almas. Já fico aqui imaginando.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  6. Oie
    poxa, que bom que curtiu tanto a leitura e sua resenha ficou ótima, mas infelizmente o livro nunca chamou minha atenção então vou deixar passar a dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Já vi várias resenhas dele, mas não consigo gostar. Não sei por quê, mas essa premissa não me chamou a atenção, mesmo tendo um cara lindo na capa e todos dizendo que amaram a história...

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá Pamela, confesso que eu não tenho muito interesse em ler essa obra, mas acho bem bacana a ideia dos signos do zodíaco, é uma série certo? Envolverá todos os 12 signos? Estou até que curiosa...kkkkk

    Adorei sua resenha, você se encantou mesmo por esse livro. Quem bom ;)

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  9. Olá, Pamela. A ideia da Mia de se inspirar no zodíaco é totalmente diferencial, por isso que tenho uma mega vontade de ler os livros dela, sou apaixonada pelo meu signo (leão, haha).
    Mas vou concordar que a história parece ser um pouco clichê, mas não vou desanimar e futuramente irei ler os livros dela.

    ResponderExcluir
  10. Pamela, nem sei o que falar de Archer, apenas que ele foi meu mocinho preferido do ano passado e que o livro um dos que me arrebatou.
    Melhor livro, mas embora tenha amado a escrita da Mia achei que ela deixou um pouco a desejar com o leão, mesmo assim quero ler todos os livros.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bom?
    Nunca li os livros dessa série mas, o fato de se basear nos signos do zodíaco já me deixou muito curiosa pela leitura. Gostei de saber que o livro te agradou muito e te deixou com a sensação de: Eu devia ter lido isso a muito tempo haha Gostei de saber que a editora está mantendo o padrão das capas, isso realmente preserva a identidade da série! Adorei a resenha!

    Beijos!
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  12. Oi Pamela!!!
    Eu AMOOOO esse livro, essa autora, essa série!!
    Sua resenha está muito boa, parabens!!
    Essa história me tocou de um jeito único! O Leo é bom sim, eu gostei bastante, mas já é uma história mais batida. Não é tão intenso quanto o Archer mas é tão bom quanto!

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Esse livro está dando o que falar né? A cada resenha eu tenho mais vontade de ler! Quem sabe agora não me animo?
    Bjs!
    Quem Lê, Sabe Porquê

    ResponderExcluir
  14. Olá Pamela!
    Apesar de eu ter lido os dois primeiros livros da série e ter gostado, eu não me senti atraída para ler A Voz do Arqueiro.
    Porém ainda penso em dar uma chance e quem sabe eu gosto :D
    Até uma próxima o/

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Pam, sua linda que admiro demais!

    Nossa o layout do blog estão tão tão lindo!!!
    Não sabia que a Voz do Arqueiro se baseava no zodíaco e voltado para o lado erótico da força, ai meus sais, hum... acho que vou gostar da trama, a minha única questão é saber que a série tem vários livros.
    Para variar amei a sua resenha e sua forma apaixonante e sincera de se posicionar.

    Bjs
    Tânia Bueno
    www.facesdaleitura.com.br

    ResponderExcluir