[Resenha] A máquina de caminhar

11 janeiro 2017

A máquina de caminhar
Autor: Cristovão Tezza
Editora: Record
Número de Páginas: 192
Onde comprá-lo: Amazon | Submarino
Sinopse: Livro inédito e ilustrado do autor de O filho eterno. Por mais de seis anos, Cristovão Tezza assinou uma coluna de crônicas no jornal paranaense Gazeta do Povo, revelando a seus leitores uma nova faceta, a de observador fino e bem-humorado do cotidiano. Segundo livro saído da contribuição desse cronista tardio às páginas do jornal, A máquina de caminhar reúne 64 crônicas, selecionadas por Christian Schwartz e ilustradas por Benett, que comprovam a maestria do autor em extrair do circunstancial e do provisório pequenas pérolas literárias. Completa esta coletânea um saboroso ensaio sobre a crônica, com a marca do humor, em que Tezza faz uma brilhante análise de dois exemplos da pena de nosso maior prosador, Machado de Assis. A partir deles, procura definir as marcas deste gênero brasileiríssimo ao qual se dedicou de maneira quase acidental e de que este livro é uma bela amostra.

Este é o primeiro livro do Cristovão Tezza que tenho a oportunidade de ler e já comecei com o pé direito. Lembro que o Ricardo (do OverShock) tinha falado, falado e falado tão bem dele que, na hora de solicitar os livros daquele mês, acabei pedindo este. 


Christian Schwartz é quem escolhe e compila as sessenta e quatro crônicas que o autor publicava em sua coluna semanal do jornal paranaense Gazeta do Povo. Deixá-la, me meados de 2013.

As crônicas permeiam fatos do cotidiano, além de viagens e outros tipos de experiências que ele teve, como as literárias. De vez em quando uma que abordava a política, dentre outros fatos curiosos.

Não vou dizer mais sobre, senão vou acabar soltando milhares de spoilers sobre cada crônica. Não tenho como falar sem contar tudo, hahaha. Além disso, no final da obra há “Um discurso contra o autor”, criado pelo próprio Cristovão Tezza.


A edição é muito bonita, e também bem simples, um fato interessante nas publicações do Catálogo da Record. Há algumas ilustrações no início de algumas crônicas, o que dá um ar mais de jornal mesmo ao livro. Não encontrei erros de revisão e a fonte está ótima para leitura.

Então, para quem gosta de textos curtos e que nunca saem de moda, esta é uma ótima pedida.


10 comentários

  1. Oi, Pamela!
    O livro tem uma edição belíssima, com certeza são crônicas que vele a pena conferir!

    Beijos,
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiee ^^
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas crônicas não faz muito o meu estilo, então eu não fiquei exatamente curiosa para ler. Mas acho que meu amigo, Heitor, vai acabar gostando. Vou mandar o link da resenha para ele dar uma olhada :)
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  3. Hey!
    Só entrando na resenha já me apaixonei por essa capa, ela me chamou muito a atenção.
    Adoro crônicas, tanto de ler quanto de escrever. Amoooo quando os livros possuem ilustrações!

    Beijos... Samantha Culceag.
    Só pra Menores

    ResponderExcluir
  4. Não gosto de crônicas, aliás, muito dificilmente me proponho a ler algum tipo de texto curto, porque não consigo me envolver. Gostei muito foi da capa e também da presença das ilustrações, mas não leria.

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro livros de crônicas, então estou sempre procurando indicações. Que bom que eu vim conferir sua resenha. Não conhecia o autor, mas já anotei a dica, gostei bastante! Adorei sua resenha, muito bacana você mostrar fotos do livro!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Adoro crônicas, pena que ultimamente não estou lendo muitas, mas esse eu não conhecia, vou pesquisar mais sobre ele e, assim poder incluir em minha lista.

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Eu nunca li um livro de crônicas, mas já li algumas. Às vezes gosto, outras vezes não tenho paciência, é bem coisa de momento mesmo haha.
    Não conhecia esse livro e adorei saber um pouquinho sobre ele, beijos!!

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Pamela, sua linda, tudo bem?
    Eu não leio crônicas, por isso vou passar a dica dessa vez. Mas gostei do fato do autor ser jornalista, sã pessoas que têm muito a dizer, geralmente, realmente deve ser um livro muito interessante para quem gosta do gênero.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. esse livro é uma proposta diferente do que estou acostumada a ler.
    É uma opção para sair da minha zona de conforto. Livro pequeno e om textos curtos.
    Gostei bastante da dica!
    obrigado!

    Ana
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  10. Oie, Pamela! Eu tenho um pouco de dificuldade de resenhar crônicas, acho que até por isso falo pouco sobre elas, mas a verdade é que amo crônicas e fiquei bem curiosa para conhecer esse... confesso que "Um discurso contra o autor" me chamou atenção!
    Beijinhos
    Anna - Letras & Versos

    ResponderExcluir