[Informativo] Arqueiro aposta em Marketing diferenciado!

10 abril 2017

Dois super lançamentos da Editora Arqueiro para o mês de Abril tem site próprio!

Isso mesmo. Neles vocês podem conferir mais informações sobre os livros, os autores e até mesmo ler um trecho deles em primeira mão. Não é demais?

Então clica na capa do livro e você será redirecionado para o site. Deixamos aqui também a sinopse, pra atiçar sua curiosidade!



O polêmico detetive William Fawkes, conhecido como Wolf, acaba de voltar à ativa depois de meses em tratamento psicológico por conta de uma tentativa de agressão. Quando Emily Baxter, sua amiga e ex-parceira de trabalho, pede a sua ajuda na investigação de um assassinato, ele tem certeza de que está diante de um caso importante. Na cena do crime está um cadáver decomposto por partes do corpo de seis pessoas, costuradas de forma a imitar um boneco de pano. Enquanto a polícia tenta identificar as vítimas, a repórter Andrea Hall recebe de uma fonte anônima uma lista com o nome de seis pessoas – e as datas em que o assassino pretende matar cada uma delas para montar o próximo boneco. O último nome da lista é o de Wolf. Agora, a equipe de policiais precisa lutar contra o tempo para descobrir o que conecta as vítimas antes que o criminoso ataque novamente. Com protagonistas imperfeitos, carismáticos e únicos, aliados a um ritmo veloz e uma deliciosa pitada de humor negro, Boneco de pano é o que há de mais promissor na literatura policial contemporânea.

Como todo mundo, Julie já fez muitas coisas idiotas na vida. Ela poderia contar sobre a vez que resolveu descer a escada enquanto vestia um suéter e caiu nos degraus, ou quanto tentou consertar um plugue ligado na tomada segurando o fio com a boca, ou quem sabe falar de sua fixação pelo novo vizinho que nunca viu: Ricardo Patatras. Julie tem o irritante hábito de fazer as maiores loucuras quando está apaixonada. E essa obsessão a leva a prender a mão na caixa de correio do vizinho enquanto espiona uma misteriosa carta... E o pior, ainda é flagrada pelo próprio dono da correspondência. Mas isso não é nada, nada mesmo, se comparado às maluquices que ela vai fazer para se aproximar desse homem e descobrir seu grande segredo. Movida por uma criatividade sem limites, intrigada e atraída por um desconhecido que mora tão perto, Julie assume riscos cada vez mais delirantes, sem perceber que pode cair na própria armadilha. Com mais de 3,5 milhões de livros vendidos, Gilles Legardinier mostra em Amanhã eu paro! uma história original e irreverente que, com certeza, fará o leitor morrer de rir. 

Nenhum comentário

Postar um comentário