[Resenha] Sobre o amor e outras manias

02 julho 2017

Sobre o amor e outras manias
Autor: Leonardo Santaroli
Editora: Rodapé
Número de Páginas: 222
Onde comprá-lo: Livraria D'Plácido
Sinopse: Leonardo Santaroli sempre gostou de escrever sobre questões sentimentais mas não se sentiu, por muito tempo, confortável para divulgar. Nascido no interior de Minas Gerais, aos treze anos descobriu-se apaixonado pela literatura logo após conhecer o seu primeiro amor na adolescência. Incentivado por esse amor, ele começou a divulgar timidamente os seus pequenos textos numa rede social. Ele não imaginava que conquistaria em menos de um ano mais de cem mil seguidores e leitores que passariam a despertar nele o desejo de lançar o seu primeiro livro, fazendo-o reconhecer em si mesmo uma vontade imensa em tornar-se um escritor, desconstruindo o seu próprio medo de assumir-se sensível por falar de questões sentimentais. Aos vinte e um anos, um dos seus maiores sonhos torna-se realidade com o livro “Sobre o amor e outras manias” publicado pela editora D’Plácido e esperado por todos aqueles que o acompanham nas redes sociais e que sonham junto esse sonho. 



Este é mais um livro que tem como base o amor em sua construção. Acho que nos últimos dois anos houve um boom em títulos do gênero e pensei por um tempo que havia cessado. Mas pelo contrário... Cada dia mais essas obras entram no mercado literário e fazem cada vez mais sucesso entre os leitores.

Eu não sou lá muito chegada e nem me emociono com tanta facilidade, igual vejo o povo comentando, mas a cada um que é publicado e tenho a possibilidade de dar uma olhadinha, percebo que nem todos são iguais. Há alguns diferenciais. E aqui também podemos ver isso, e é o que vou dizer agora, rs.

Sobre o amor e outras manias é o livro de estreia de Leonardo Santaroli. Assim como a sinopse nos fala (aliás, sinopse que mais se parece com biografia, mas ok), ele começou a publicar seus textos através das redes sociais, alcançando um grande número de seguidores logo em seu primeiro ano. Procurei pela internet para saber como era, mas não encontrei. E senti falta deste detalhe no livro, além da parte de agradecimentos, que é normal encontrar na maioria das publicações. Acho que isso poderia ser revisto e acrescentado, #ficadica. 





Além de expor todo seu sentimento através de um livro (agora), ele fez questão de acrescentar ilustrações, feitas por Victor Soares. E assim como as demais obras do gênero, vemos diversos tipos de amor... os que ultrapassam barreiras, aqueles que não são correspondidos... Todos carregados de muita emoção (mesmo que eu não seja convencida disso, rs). 

O lado positivo da obra é que como são contos, crônicas, textos curtos, podemos lê-los de forma rápida, contínua, ou devagar, selecionando os que mais nos identificamos. Confesso que prefiro ler de uma única vez e absorver o quanto consigo de cada um deles. Cheguei até a ler alguns para meus alunos do ensino médio e as meninas a-d-o-r-a-r-a-m! Acho que realmente o foco do público seja o jovem-adulto, que estão passando por tudo isso e com as emoções a flor da pele. 



A capa é simples e, para mim, esse fundo não funcionou. Não ornou com todo o conteúdo e acabou prejudicando a beleza da capa. Acho que um único tom ficaria mais bonito. Gosto de laranja, mas esse daqui hein, grita aos nossos olhos, Jesus amado, rs. A diagramação interna é simples também, com poucas variações na fonte, mas repleta de ilustrações. Resumindo: para quem gosta deste tipo de livro, é uma ótima pedida e vale muitíssimo a pena. Para que procura um livro leve e de rápida leitura, é uma ótima escolha também. 

25 comentários

  1. Acho legal o tema e quando são textos assim fica ainda mais interessante por dar mesmo essa opção de ir lendo aos poucos ou tudo de uma vez pra absorver melhor. Gosto de ler umas coisas assim de vez em quando. É legal.
    A leitura com muitos sentimentos, uma escrita que explore e fale disso fica gostoso pra mim. Faz pensar e faz sentir. E parece que dá pra ler bem rápido, então tem essa vantagem também.
    Gostei da dica ^^

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia este livro, mas já adicionei ele em minha lista de leituras, acho que ele é bem interessante e rápido de ser lido, gostei dele ter ilustrações e falar sobre o amor, acredito que irei gostar de ler ele, e por ser uma leitura rápida, vale a pena dar uma chance a este livro.

    ResponderExcluir
  3. Confesso que não faz muito meu estilo de leitura. Nem conhecia o autor e seu trabalho ainda!
    A premissa da obra é interessante, as ilustrações parecem ser bonitas e os textos parecem serem bem escritos.
    Talvez para um momento de relaxar, essa obra seja indicada.
    No momento não leria, mas gostei bastante da dica por aqui :)
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Nao tinha conhecimento desse livro, o título realmente tem algo nele que te atrai. Gostei muito da premissa dele, conta em forma de crônica, contos sobre o amor às diferenças que ele tem ou na forma que demonstramos ele.

    ResponderExcluir
  5. Olá, gosto de ler contos e crônicas, principalmente que falam sobre sentimentos como o amor, confesso também que não gostei muito do fundo na capa, mas quem sabe um dia eu o leia.

    Beijinhos,
    Livros que Li

    ResponderExcluir
  6. Oi, Tudo bem?
    Nossa, adorei conhecer o autor e o obra dele. Fiquei com muita vontade de conhecer mais a fundo os textos dele. Como você eu também achei a capa incrível, muito bonita mesmo. Fiquei aqui morrendo de vontade de ler. Muito boa a resenha.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Não é muito meu estilo, mas achei um livro bonito visualmente.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  8. Eu ainda não conhecia o livro e fiquei bem interessada em realizar a leitura. Achei a capa simples mas ao mesmo tempo bem bonita e a edição parece estar linda. Gostei de ver a sua opinião sobre a obra.

    ResponderExcluir
  9. Olá !!
    Que ideia diferente é legal do livro !
    Como você não gostei muito da capa, está um pouco confuso. .Mas o conteúdo parece ser maravilhoso !!
    Já está na minha lista para ler..

    Bjo

    ResponderExcluir
  10. Oi tudo bem?
    Também não achei essa capa muito bonita e não compraria caso eu o visse em uma livraria ou algo do tipo. Mas pela sua resenha parece ser um livro bem emocionante e profundo afinal ainda existe amores assim né?

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o autor, nem o titulo.
    Não compraria pela capa, mas ao ler sua resenha me interessou bastante.
    Também não sou de chorar com livros rs ..

    Fiquei com vontade de ler, vou anotar a dica.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia o autor, o tema do livro é bem interessante e a forma em que ele iniciou sua carreira pelas redes sociais, desejo sucesso, boa tarde.

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Estou curiosa com a leitura desse livro e a ideia toda dessa obra e dos contos. Acho que o fato da capa não ser muito chamativa atrapalha um pouco pra empolgar o leitor. Sabe aquela coisa de o primeiro contato, bater o olho e se apaixonar.
    Espero conseguir realizar a leitura em breve.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  14. Livros de contos são ótimos mesmo para uma leitura mais rápida e despreocupada. Não tinha visto este livro ainda, e como fã de contos me interessei por ele. Tem saído muitos livros do gênero mesmo, e concordo que cada um tenha suas particularidades, o que para nós leitores é ótimo.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  15. Oi! Que lindo se descobrir autor assim tão precocemente. E mais lindo ainda é tomar coragem pra divulgar os textos incentivado pelo primeiro amor. Isso em si já daria um livro! rs
    Amei a diagramação e as ilustrações do livro. Torcendo para que seja um sucesso de vendas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá tudo bem?
    Não conhecia esse livro, tampouco o autor. Não gostei da sinopse. Como você mesma disse, parece mais um biografia. Para mim, a sinopse deve apresentar o livro, não o autor. Para isso é que se tem as orelhas do livro.
    Também não senti curiosidade alguma sobre o livro, então dessa vez vou passar.
    Mas, ao contrário de você, gostei bastante da diagramação.
    bjs

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro e confesso que não fiquei lá muito animada, pois não costumo ler contos, mas ao mesmo tempo deu para ver que se trata de uma boa obra com textos bem escritos e emocionantes, sem contar que as ilustrações dão um encanto a mais na obra.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  18. Não é meu estilo de leitura, só li contos e crônicas na escola. Porém a sinopse é um incentivo a quem sonha em se tornar um escritor de sucesso. Nos últimos anos temos tido um crescente número de autores nacionais que obtiveram sucesso de vendas. E compartilho da opinião que somente um tom na capa ficaria mais bonito.

    ResponderExcluir
  19. Oie, ainda não conhecia o livro, não sou acostuma a ler contos porém esse irei ler, gostei bastante dele, além de de nós escritores emocionados
    bjs

    ResponderExcluir
  20. Oie amore,

    Que livro interessante... não conhecia, mas já gostei do que vi por aqui!
    Adorei a resenha e o post!

    Beijokas!

    ResponderExcluir
  21. Olá!

    Diferente de você, eu gostei da capa, achei bem condizente com a premissa... não o conhecia, mas achei bacana. Espero ter a oportunidade de lê-lo.

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Não conhecia a obra ainda, e adorei saber um pouco mais sobre ela. Gosto de contos e acredito que me envolveria com a leitura.

    Beijo

    ResponderExcluir
  23. Olá,

    Normalmente esse tipo de livro não me chama a atenção, mas, por algum motivo que desconheço, estou me sentido muito tentada a do conhecer mais desse livro. Achei a edição dele bem chamativa, apesar de simples. Espero ao menos apeoveitar a leitura.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Eu acho a capa desse livro fantástica. Mas fiquei confusa com este trecho de sua resenha: “Este é mais um livro que tem como base o amor em sua construção. Acho que nos últimos dois anos houve um boom em títulos do gênero” o amor sempre esteve presente na literatura, realmente, não consigo entender o que você tentou dizer com isso. Para mim pareceu mais ou menos assim, “virou moda fazer moda fazer livro em papel”. Realmente, gostaria de entender esse trecho. Bom, continuando, gostaria de uma análise do livro, o que não tem, não vi problemas na capa, pelo contrário.

    ResponderExcluir
  25. Olá,

    Não conhecia o livro, mas achei bem interessante a história e acho que com certeza darei uma chance, mesmo com a suas observações.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir