[Resenha] Subconsciente

16 abril 2016

Subconsciente
Autora: Camila Dornas
Editora: (extinta) Literata
Número de Páginas: 380

Sinopse: Paris de 1922. O mundo se recuperava das consequências da Grande Guerra. Em uma geração regada à luxúria e boemia, o sonho de Olga Chevalier era ser a maior cantora que o mundo já viu. Suas ambições começam a mudar quando uma dançarina do famoso cabaré Moulin Rouge é assassinada, e o dom de Olga passa a levá-la até os sonhos e a mente do assassino. Amor, desejo e mistério se unem nessa trama alucinante... Em quem confiar? Em situações extremas, até seu próprio dom pode traí-la.

No final da Primeira Grande Guerra Mundial, lá pelo ano de 1922, na cidade de Paris, conhecemos a história de Olga. Ela é uma jovem que acabou ficando órfã. Seu pai acabou falecendo na Guerra. Pouco tempo depois sua mãe desaparece sem deixar pista alguma, apenas seu irmão mais novo. No final das contas, além de tratá-lo como irmão, deverá sustentá-lo, criá-lo e cuidá-lo como se fosse um filho saído de suas entranhas. 

A vida para os dois não será nada fácil. Logo nos primeiros dias eles acabam indo parar na rua. Sem opções, eles acabam iniciando alguns furtos de alimentos. Mesmo sabendo que isso é muito errado, tudo é necessário para a sobrevivência dos dois. 

Depois de algum tempo, Olga já está trabalhando em um dos mais famosos cabarés da cidade, o Moulin Rouge (pausa para lembrar de Lady Marmalade <3 hahaha). Ela, agora já estabelecida em um emprego fixo, consegue alugar um local decente para viverem. O trabalho não é aquele que havia sonhado, mas já serve para levar a vida. 

O real motivo para ela ter aceitado o trabalho foi a possibilidade de um diretor assistir sua apresentação e conseguir algo melhor, como uma verdadeira mulher da época. Na realidade, as mulheres nem faziam isso, mas era necessário.

Em um belo dia, ela acaba caindo em uma saia justa com seu patrão. Por ter um estabelecimento como o Moulin Rouge, ele achava que poderia se aproveitar das garotas. Mas com ela não é assim que funciona. Se opõe e não se arrepende em momento algum. No mesmo dia, conhece Vicent, ex-comandante da guerra. Ele tem um lado sombrio, mas que desperta algo diferente em Olga. Ela não sabe ao certo o que é, mas não quer deixá-lo de volta. Ela nem ao menos consegue.

Juntos eles se unem para investigar um assassinato que aconteceu com uma das meninas do cabaré. Isso aproxima ainda mais o contato entre eles. Por ser um homem sedutor, ele sabe que está se envolvendo aos poucos com a dançarina, mas ambos tentam disfarçar.

A construção dos personagens foi muito bem elaborada. Cada detalhe foi pensado exatamente como deveria ser. O cenário é ainda melhor, rico em detalhes. A leitura foi ba, não tão rápida, nem tão longa demais. Foi tudo escrito na medida certa. A diagramação pecou um pouco no tamanho da fonte utilizada. Mas em suma, ela não incomoda tanto assim. A capa foi a cereja do bolo e a melhor parte gráfica, com toda certeza.

Estou ansiosa pelo que a Camila vai escrever agora! E faça isso logo, menina! Hahaha.



Um comentário

  1. Own, obrigada pela resenha linda. Pode deixar que têm mais obras a caminho. :) :)

    ResponderExcluir