Resenha número 01.

26 novembro 2011

Angu de Sangue
Autor: Marcelino Freire
Editora: Ateliê Editorial
Nota:

Sinopse: Em 17 contos, Marcelino Freire retrata a dura realidade do submundo urbano, cheio de dores numa sociedade injustiçada pelas diferenças e marcada pela violência. Entre os contos estão - 'Muribeca'; 'Belinha'; 'Moça de família'; 'Volte outro dia'; 'Socorrinho'; 'Filho do puto'; 'Troca de alianças'; 'Angu de sangue'; 'Os casais'; 'A cidade ácida'; 'The end' e 'Mataram o salva-vidas'.
Com um ar um tanto diferente, o livro Angu de Sangue aborda mais uma das tentativas realizadas com sucesso do autor Marcelino freire em criar uma literatura impactante e que nos deixa deverás perplexos, devido ao grande número de palavrões ao longo do mesmo, e pelas histórias, todas com temas reais, de sociedades reais. Dividido em dezessete contos, todos relatam situações pelas quais muitas pessoas desfavorecidas passam.
Fiquei muito, mas muito curiosa mesmo, em ler outros livros dele. Principalmente após uma palestra na faculdade em que estudo, a qual tinha como objeto de parâmetro para a Literatura Contemporânea este autor tão brilhante.






Sobre o autor: Marcelino Freire, natural de Pernambuco, vive em São Paulo desde 1991. Participou das coletâneas Geração 90 e Os Transgressores e foi um dos editores e escritores da revista PS:SP. É também autor de EraOdito, Angu de Sangue e organizador de Os Cem Menores Contos Brasileiros do Século.







Nenhum comentário

Postar um comentário