Resenha número 84.

16 maio 2012


Sangue Quente
Autor: Isaac Marion
Editora: Leya
Nota:      


Sinopse: R é um jovem vivendo uma crise existencial - ele é um zumbi. Perambula por uma América destruída pela guerra, colapso social e a fome voraz de seus companheiros mortos-vivos, mas ele busca mais do que sangue e cérebros. Ele consegue pronunciar apenas algumas sílabas, mas ele é profundo, cheio de pensamentos e saudade. Não tem recordações, nem identidade, nem pulso, mas ele tem sonhos. Após vivenciar as memórias de um adolescente enquanto devorava seu cérebro, R faz uma escolha inesperada, que começa com uma relação tensa, desajeitada e estranhamente doce com a namorada de sua vítima. Julie é uma explosão de cores na paisagem triste e cinzenta que envolve a "vida" de R e sua decisão de protegê-la irá transformar não só ele, mas também seus companheiros mortos-vivos, e talvez o mundo inteiro. Assustador, engraçado e surpreendentemente comovente, Sangue Quente fala sobre estar vivo, estando morto, e a tênue linha que os separa. 


Nunca me apaixonei tanto por um zumbi como em Sangue Quente. R é doce, com um espírito de vencedor e não desiste de mudar o que é, mesmo que por vezes isso seja impossível. O cheiro da energia vital dos seres humanos é como se fosse o melhor aroma existente no mundo. O sabor do sangue, como se fosse o mais saboroso e antigo vinho.
Isso muda quando ele encontra Julie em um dia de caçada. Ele acaba devorando e matando o namorado dela, Perry, e a partir de então ele não deixa a mente de R em paz. Lembranças de momentos vividos ao lado dela vêm a tona a todo momento. Com ela, ele aumenta a possibilidade da fala e se expressa melhor. Com ela, ele descobre o que é o amor após a morte.
O enredo traz a realidade não somente uma história clichê de zumbis, mas também um reflexo da sociedade, da natureza humana, com sua beleza e sua podridão.
O final é surpreendente, pois traz uma característica que a maior parte dos livros, filmes e seriados sobre o tema dizem ser impossível de ocorrer.
Outro ponto interessantíssimo foi a diagramação que a Editora Leya deu ao livro. A cada início de capítulo vem com o desenho de uma parte do corpo humano, tendo tudo a ver com a temática do mesmo, além da folha amarelada, que é melhor para se fazer a leitura.
Diferente de outras editoras, a revisão e tradução estão impecáveis. Não pude perceber nenhum erro de grafia, ortografia ou de termos encaixados sem sentido. Só tenho a parabenizar!
E fica a dica para quem gosta de livros com teor “sobrenatural”. Já está sendo rodada a filmagem de Sangue Quente, que tinha previsão de lançamento para este ano. No momento, as informações indicam que deve ser lançado em 1 de fevereiro de 2013 no exterior e sem previsão de estreia no Brasil. A direção fica por conta de Jonathan Levine. Abaixo, uma foto referente ao meu amado R, nas filmagens do filme:


Sobre o autor: Isaac Marion nasceu em Washington em 1981 e viveu toda a vida na zona de Seattle. Teve vários empregos bizarros, incluindo entregar camas hospitalares a doentes em estado terminal e supervisionar visitas parentais com crianças entregues à tutela do Estado. Não é casado, não tem filhos, não tem estudos universitários e nunca ganhou prêmios literários. Sangue Quente é o seu primeiro romance.



a Rafflecopter giveaway





4 comentários

  1. É.

    Abraços,
    G. Pedro
    skoobeiros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Parece um livro quente, recheado de aventuras e regado a sangue, mas achei muito TWD. Acho que a originalidade é algo invencível, e falar de zumbis é meio complicado, é um tema velho (Moderno Prometeu) e muito complexo.

    Porém, a sinopse me acendeu uma fagulha de esperanças e irei tentar ler, espero que não me decepcione. Aliás, uma dica é o livro O Monstrologista que é perfeito.

    Abraços,
    G. Pedro
    skoobeiros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Interessante. Não sei por que, mas me lembrou muito a moda dos vampiros, e que agora são os zumbis. Mas pela resenha, vemos que não se trata de um livro qualquer como muitos da moda vampiresca que surgiu quando estourou. Gostei mesmo!

    Bjs

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  4. Adorei, acho que esse livro vai entrar na minha lista #EuQuero.
    Me apaixonei *------------------------*

    wwwflavynhasz.blogspot.com

    ResponderExcluir