Resenha: O Casamento, de Nicholas Sparks. #99

23 julho 2012


O Casamento
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance
Nota: 

Sinopse: Advogado de sucesso, Wilson Lewis sempre se esforçou para que a família vivesse confortavelmente, mas talvez tenha dedicado tempo demais ao trabalho e de menos às pessoas mais importantes de sua vida. Depois de 30 anos casado e com a filha mais velha prestes a fazer os próprios votos matrimoniais, ele é forçado a encarar uma verdade dolorosa: já não há paixão em seu casamento – e a culpa é dele. Wilson e sua esposa Jane se afastam cada dia mais e ele questiona se a mulher ainda o ama. Uma coisa é certa: seu amor por Jane só aumentou ao longo dos anos e ele está disposto a fazer o possível para reconquistá-la. Inspirado pela maravilhosa história de amor dos sogros, Noah e Allie (de Diário de uma Paixão), ele promete a si mesmo que encontrará uma forma de levar o romantismo de volta à sua vida conjugal e fazer a esposa apaixonar-se por ele novamente.

Resenha



            Como a maioria que me segue no twitter pessoal, sabe minha rejeição ao nome Nicholas Sparks, por sempre achar que suas obras são deveras “românticas”.  A maioria também sabe que tenho aversão à palavra romance em si, por ter lido demais livros deste gênero durante a pré-adolescência e a mesma. Resolvi então pedir à Editora Arqueiro o exemplar de O Casamento para poder ter uma opinião formada e não dizer asneiras antes do tempo (mesmo sendo uma sequência, posso dizer que não me perdi no enredo, mesmo porque se não me engano em Diário de uma paixão, a história contada é a dos pais de Jane).
            Mas antes de entrar na resenha do livro em si, tenho que fazer as considerações a respeito da obra em si. A capa ficou linda e transmite bem a mensagem que o livro nos passa. O nome do autor e da obra são em um leve alto relevo. Ao contrário dos demais exemplares da editora que tenho aqui, este veio com as folhas internas mais “macias”. Um dia chegam ao ponto certo, rs. A diagramação é simples, havendo como separação interna dos capítulos uma pequena flor.
            Bom, comecemos então. O livro inicia com uma dúvida que surge na cabeça de Wilson: será que a esposa ainda o ama, mesmo após 30 anos de casamento? A rotina, os filhos, o emprego em excesso. Agora, com os filhos fora de casa, ele pôde reflexionar que nunca estivera tempo o bastante em sua própria casa, e que por mais que só quisesse que todos tivessem uma vida suficientemente boa, ele havia ficado longe o bastante para que as coisas começassem a desandar.

Sentado a seu lado no sofá, eu soube que ainda amava Jane tanto quanto no dia de nosso casamento. No entanto, ao olhar para ela, ao reparar pela primeira vez na forma distraída como ela relanceou os olhos para o lado e na postura inegavelmente triste de sua cabeça, de repente percebi que não tinha certeza de que ela ainda me amava. [página 12 - Prólogo]

            Tudo começou com o esquecimento de um fato importante na vida dos dois: o aniversário de 29 anos de seu casamento, que na época foi realizado sem estrutura nenhuma e de um jeito que Jane nunca havia imaginado. A vida foi caminhando, até o dia em que a filha mais velha anuncia que vai se casar. Jane transporta para a filha todos os sonhos que havia tido antes de se casar, ainda mais pois Anna escolhe como dia de seu enlace matrimonial o mesmo que o de seus pais.
            Wilson recorre ao sogro, Noah, e à sua bela história de amor ao lado de sua esposa (já falecida), Allie. Através do que viveu antes de sua amada partir, ele ajuda o genro a reconquistar o amor e a confiança da esposa.
            A parte em que fiquei mais emocionada foi a das surpresas de aniversário de 30 anos dos votos matrimoniais, e com certeza fez mudar, e muito, a minha percepção e gosto por romances.

Certo dia eu lhe fiz uma promessa nos degraus em frente ao cartório e, como seu marido há 30 anos, está na hora de enfim fazer outra: a partir de agora, vou me tornar o homem que sempre deveria ter sido. Serei mais romântico e aproveitarei ao máximo o tempo que ainda temos juntos. Em cada um desses preciosos momentos, espero conseguir fazer ou dizer algo que a faça entender que eu jamais poderia ter amado qualquer outra mulher como amo você. [página 190 - Capítulo 16]

Hoje posso afirmar que gosto, mesmo que não 100%, mas gosto da escrita e da maneira como Nicholas escreve seus romances. Parabéns à Editora pelo projeto final do livro.


Sobre o autor: Nicholas Sparks é um renomado escritor de livros românticos, e ganhou notoriedade mundial quando muitos de seus livros foram adaptados para o cinema, como "Querido John", "A última música", "O Diário de uma Paixão", "Um amor para recordar", "Uma carta de amor", "Noites de tormenta" e outros. Nicholas é formado em Economia pela Universidade de Notre Dame. Seu grande sonho era ser atleta e devido a um grave acidente acabou mudando de planos, começando a trabalhar como delegado de informação médica. Neste período escreveu seu primeiro livro - O Diário de uma paixão - e vendeu os direitos a Warner. Alguns dos nomes dos protagonistas de seus livros são na verdade, uma homenagem a seus filhos, como Landon em "Um amor para recordar", Savannah em "Querido John" e Miles em "Uma Curva na Estrada".


4 comentários

  1. Concordo em até certo ponto. Gostei da história, e a achei que é a história que mais se parece com a realidade. Só achei Wilson meio chato, e inconsequente.
    Ótima resenha. Parabéns.
    Will

    http://frasesaoar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Pamela! =)

    Gosto muito do Nicholas Sparks e sua escrita (leve e comovente), e já li "O Casamento".
    Bom, eu, apesar de ter gostado, esperava mais. Achei a história bem parada, sem grandes acontecimentos. Só comecei a ficar animada e emocionada no final do livro (que ficou maravilhoso!). Mas realmente, o livro é bom mesmo! A capa ficou muito linda!

    Adorei sua resenha.
    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Pamela,

    Ah esse é daqueles livros que estou com muita vontade de ler, mas vou esperar um pouco mais, pois não posso comprar livros agora :/
    Já li um livro do Nicholas e amei, assisti a filmes que foram baseados nos livro e também gostei bastante.
    Sua resenha só aumentou minha curiosidade por essa leitura ^^

    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bom?
    Tenho muita vontade de ler esse livro e não entendo pro que ainda não o li,
    acho que é falta de tempo, mas gosto de tudo sobre ele,
    só falta o mais importante que é começar a ler.
    Maravilhosa resenha.
    Voltarei em breve.
    Poliana Araújo
    Território das garotas
    @territoriodg
    Bjss *-*
    Passa lá no blog?
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir