[Resenha] Perdidos na Tradução

22 abril 2013

Perdidos na Tradução
Autor: Iuri Abreu
Editora: Belas Letras
Número de Páginas: 286

Sinopse: Um título de filme mal traduzido tem o poder de amaldiçoar um perfeito romance e de provocar gargalhadas em um típico dramalhão. Não é preciso muita intimidade com a língua inglesa para perceber que as traduções para o português de muitos títulos do cinema americano não são nem um pouco fiéis ou coerentes com os originais. Este livro é uma seleção de pérolas divertidamente comentadas pelo professor e tradutor Iuri Abreu. Aqui você vai perceber que, com a ajuda de um tradutor metido a poeta, todo filme pode virar uma comédia.

                Um guia completo sobre o mundo da tradução nos filmes. Iuri Abreu consegue englobar em seu livro tudo o que acontece por trás da visão do tradutor. Muitas vezes um título ou até mesmo subtítulo de filmes são escolhidos com base no marketing e visam somente o lucro que terão. Para tanto, lançam mão de nomes expressivos e de impacto, mesmo que não tenham nada a ver com a essência passada pelo título original. Uma espécie de prefácio é escrita por José Wilker (ator, diretor, apresentador e crítico de cinema brasileiro).
                Dividido em cinco partes, são abordados os seguintes temas:

- A Maldição do Subtítulo;
- Poesia Pura;
- Liberdade Total;
- Fiéis ao Original;
- Entregando o Jogo.

                Cada um deles aborda um tema em específico, como exemplificado no próprio título do capítulo. Abaixo deixo um exemplo de como é a disposição das informações no livro.



Nenhum comentário

Postar um comentário