[Resenha] Dragões da Noite - O Reino de Ava

08 agosto 2013

Dragões da Noite – O Reino de Ava
Autor: Thiago Fernandes
Editora: Dracaena
Número de Páginas: 451
4_estrelas.png (145×27)

Sinopse: “Todas as respostas serão dadas no momento certo.” – É apenas essa frase que Dylan ouve de uma misteriosa figura que aparece repetidamente em seus sonhos. Se ele achava que levar uma vida de estudante, como qualquer outro jovem da sua idade já era difícil, tudo piora depois que estranhos fatos começam a acontecer à sua volta. Em Ava, um Reno até então próspero e pacífico, a Rainha Mino convoca Askadian, o líder dos guardiões, para encarregá-lo de uma importante missão: resgatar o quinto guerreiro, que reside em um mundo paralelo ao deles. No salão principal, o Guardião do Fogo sente, pela primeira vez, que algo de muito ruim está para acontecer. Um fato sombrio de um passado não muito distante está próximo de ressugir.... Depois de ser derrotado, Deriak havia jurado vingança. E dessa vez ele não estaria sozinho. Ôhyan e Dihyan, gêmeos que no passado juraram fidelidade a ele, retornarão ao seu lado, para liderarem os dois poderosos exércitos do mal: os Caçadores, criaturas rápidas semelhantes a lobos e com garras enormes, e as Bestas Vermelhas, gigantes seres alados, com duas caudas e duas cabeças, bem parecidas com os dragões. Antes que a grande batalha aconteça, será necessário que Askadian traga Dylan do mundo dos humanos e leve-o até Évora, a cidade escolhida pela tríade real, para que ele passe pelo Harischdem – o treinamento para guardiões. No momento certo, a realeza revelará alguns fatos do passado para que todos possam se unir contra o mal que a cada minuto está mais próximo de renascer. O problema será apenas descobrir quando e onde ele vai atacar... Várias vidas se cruzam entre universos paralelos, guerras, amizades e traições, criando uma aventura de tirar o fôlego! Venha com Dylan desvendar o mundo dos Dragões da Noite. E tente deixar de ler esse livro se for capaz.



Assim como em “Adormecer do Fogo”, do também autor nacional Ben Green, Dragões da Noite está repleto de nomes de personagens que você nunca ouviu antes (ou pelo menos a maioria). Ou seja, se não tomo cuidado e não presto atenção, me perco e acabo tendo que voltar à história milhões de vezes. Não que isso seja um ponto negativo de tanta importância, é algo mais pessoal mesmo. Sou do tipo de leitora que mesmo prestando atenção a cada detalhe, sempre deixa passar algo que será relembrado mais pra frente e eu vou ficar perdida haha.

Criei uma tática para que a leitura fosse melhor aproveitada, que consiste em anotar em um bloquinho os nomes e respectivas características, pois assim já estaria habituada com eles.

Pois bem. Iniciemos a resenha levantando aspectos importantes e interessantes. A temática do livro nos é apresentada durante a apresentação. Confesso que não havia lido livros suficientes sobre o assunto, embora histórias que trazem batalhas entre reinos (ou do gênero a que pertencem) não é uma das leituras que mais me identifico. Mas como digo sempre a todos que me pedem indicações de livros: dê uma chance! Se no final das contas ele não for agradável a seus olhos, com certeza você terá aprendido um pouco.


Voltando ao livro. O universo criado por Thiago é único. Existe uma riqueza de detalhes sem tamanho, o que deixa o leitor mais aguçado e incentiva, a cada parágrafo, uma nova cena em nossa cabeça. A imaginação rola solta em todas as palavras do livro e acaba fazendo com que a leitura flua com certa leveza e naturalidade, contando com um vocabulário relativamente simples e jovial. Em breve irá ao ar a resenha do segundo volume! Fiquem de olho J

2 comentários

  1. O livro parece ótimo. Adoro essa temática que aborda: "batalha entre reinos" e tudo mais. É um livro que eu devoraria sem dúvida!
    Beijos

    http://estantedasfadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu acho super interessante essa temática de batalhas entre reinos, apesar dessa coisa de nomes confusos e não saber quem é quem me incomodar um pouco.
    De qualquer forma, parece ser um livro bem interessante.
    Bjo

    ResponderExcluir