[Resenha] O Jogo Perfeito

26 junho 2014

O Jogo Perfeito
Autora: Jenn Sterling
Editora: Faro Editorial
Número de Páginas: 222

Sinopse: O jogo perfeito conta a história de dois jovens universitários, Cassie Andrews e Jack Carter. Quando Cassie percebe o olhar sedutor e insistente de Jack, o astro do beisebol em ascensão, ela sente o perigo e decide manter distância dele e de sua atitude arrogante. Mas Jack tem outra coisa em mente... Acostumado a ser disputado pelas mulheres, faz tudo para conseguir ao menos um encontro com Cass. Porém, todas as suas investidas são tratadas com frieza. Ambos passaram por muitos desgostos, viviam prevenidos, cheios de desconfianças antes de encontrar um ao outro, (e encontrar a si mesmos) nesta jornada afetiva que envolve amor e perdão. Eles criam uma conexão tão intensa que não vai apenas partir o seu coração, mas restaurá-lo, tornando-o inteiro novamente.

O Jogo Perfeito é o primeiro livro de uma trilogia NA (New Adult), publicada lá fora em 2012. Mas afinal, o que é o New Adult? Esse gênero literário é recente, proposto primeiramente pelo grupo editorial Martin’s Press em 2009. O foco etário é de jovens a partir dos 18 anos, até a média de 26. Os personagens não são nem adolescentes nem adultos. Estão naquela fase de “Sai de casa e agora? O que fazer?”.


E é mais ou menos este tipo de enredo que está preenchendo nossas estantes e nem sabemos, rs.

Bom, vamos voltar à história em questão. Cassie Andrews é uma jovem de aproximadamente 20 anos, pois ela saiu do ensino médio, onde conhece sua melhor amiga, Melissa, e cursou por dois anos uma faculdade comunitária, devido à baixa renda que sua família tem. Só então a jovem vai para a Fullton, onde há o melhor curso de Fotojornalismo, carreira almejada por Cass.

Melissa e seus pais fazem com que nossa protagonista aceite dividir um apartamento com ela. Seu pai afirma que pagará sua parte, mas ela sabe que é apenas mais uma das promessas que não cumpre.

Na universidade, que fica no sul da Califórnia, ela conhece o prepotente Jack Carter. O garoto é jogador de beisebol e tem milhares de tietes ao seu redor. Até que Cassie entra no campus. O jovem fica maravilhado com a beleza dela e começa o jogo de sedução que só ele sabe. Mas Melissa conhece bem a fama do rapaz e já avisa Cass para permanecer longe dele, pois ele não é o tipo de cara que sai duas vezes com a mesma garota.

- Jack Carter é um pegador, Cass. Você precisa ficar longe dele. Do contrário, acabará se dando mal.
- Não se eu ferrá-lo primeiro – disse.

Cass sabe que não será fácil resistir, mas resolve entrar no jogo. Começa a dar patadas e foras, além de odiar o fato de ele ficar chamando-a de “gatinha” toda vez que fala. Mas é óbvio que ele não a deixaria em paz. Tudo seria mais fácil se ele não fosse tão lindo.

Até que tudo muda. O pegador se transforma ao perceber o real encanto e valor de Cassie. Ela tem que passar pela provação de namorar um cara que está ficando famoso. O relacionamento dos dois vai passar por muitos pontos baixos antes de passar pelos altos. Um cede para que o outro o aceite.

Repleto de acontecimentos e reviravoltas, O Jogo Perfeito é um livro leve, com algumas cenas mais calientes entre os jovens protagonistas, e com alguns palavrões. Ri bastante com as tiradas de Cass, mas achei que depois do início do relacionamento, ela se tornou bastante infantil. Tudo bem que ambos tiveram problemas, mas isso não deve influenciar em sua vida. No início, achava Jack um sem coração, mas no decorrer do enredo ele se tornou um perfeito cavalheiro.

Foi uma grata surpresa. A editora trabalhou perfeitamente na diagramação. A capa permaneceu a mesma que a de lá de fora, os capítulos não são nem tão curtos nem tão longos. Leitura rápida, revisão boa, só fiquei encucada com essa coisa de “chegar a casa”. Tá tudo certo, mas não é assim que a pessoa fala. Acho que poderia ter deixado de maneira mais informal.

Ah, os capítulos são intercalados em narrados por Cassie e por Jack. É um NA diferente em alguns aspectos, mas alguns acontecimentos foram passados rápido demais, como por exemplo, o início do namoro entre os dois. Não sei se isso será retomado nos demais.

Lembrando que a editora já prevendo o próximo volume para setembro/ outubro, que se chamará Virando o Jogo.


E pra entender o porque de o título do livro ser O Jogo Perfeito... só lendo, rs! Ocorre um fato super-hiper-mega importante! Vale à pena!

27 comentários

  1. Acho quer todos os leitores que futuramente lerem esse livro vão concordar comigo que: Jack é o maior idiota do livro, mas ele muda bastante ao entregar seu coração a Cass.
    O livro é muito lindo, e achei ele incrível, acho que muitas pessoas vão gostar de conhecer essa história e com certeza não vai haver arrependimentos!
    Caprichou na resenha pams, abraços.

    ResponderExcluir
  2. Oie Pam
    Acabei de terminar o livro, eu achei legal, mas nada tão empolgante. O romance começou cedo demais, quando percebi já estavam apaixonados. Depois de um tempo, Jack ficou bem legal, mas a Cassie ficou chata. Mas pretendo terminar de ler esse livro.

    Beijos,
    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  3. Nao tenho vontade de ler esse estilo de livro... Acho que criei certo preconceito com a definição, sei la! Haha! Fora que romances nunca fazem meu tipo... Eu até fiquei um pouco curiosa quando vc diz que eles precisam enfrentar varias coisas, mas o fato de ela parecer um pouco infantil, e algumas coisas se passarem rapido demais, acabaram tirando o pouco interesse que eu tinha ahhaa! Espero que ela explique o que faltou no primeiro livro! So me diz uma coisa, nao me pareceu o tipo de livro que precisa de continuação... A série faz sentido? =]

    ResponderExcluir
  4. Oi Pam, tudo bem?
    Essa capa não é linda demais??? Eu sei a história parece ser super clichê, mas eu gosto tanto!!!!! Risos... Não tem como não se apaixonar!!!!!! Só achei estranho ela ser tão decidida no início, enfrentá-lo e depois se tornar infantil. Mas tudo bem, nada é perfeito, já viu que fui conquistada.
    Adorei!!!!!!
    beijinhos.
    cial-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Pam.
    Eu já vi esse livro em vários blogues e me interessei muito pela história.
    Gosto desse gênero e realmente ele tem enchido a minha estante.
    Parece ser uma história que prende o leitor, pelo menos a mim.
    Adorei a sua resenha e quero muito ler esse livro.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Pam.
    Eu ainda não dei sorte de encontrar um new adult que me conquiste.
    Eu não conhecia O Jogo Perfeito, mas eu gostei da ideia, de Cass não dar mole pra Jack, e de Jack o garanhão acabar cedendo e crescendo no decorrer da narrativa.
    Com certeza essa é uma dica de NA que está bem guardada.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  7. Oi, Pam!
    Eu não me interessei tanto pela história, esse enredo anda tão batido que não me conquista mais. A novata que odeia o cara popular e depois se apaixona por ele. Talvez eu leia mais para passar o tempo e me distrair um pouco hehe
    Adorei a resenha, muito bem explicada :)

    Beijos
    Rayssa
    http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá Pamela!
    Realmente esse gênero está tomando conta das estantes dos leitores gradativamente. Me pareceu ser um tipo de comédia romântica, é isso? Bem não faz muito meu tipo de leitura, mas quem sabe um dia pra sair da rotina eu dê uma chance a esse gênero!
    Abraço
    Claudinei Barbosa
    http://resenhandoecontando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oieee, eu amo este estilo literário, nos últimos meses ele vem sendo o meu preferido kkkk, adoro estes romances e achei este bem interessante, a capa é muito lindo e a história parece ser ótima, achei bem legal os personagens serem universitários, isto é uma característica bem tipica deste estilo literário, por isso eu adoro, porque sou universitário kkkk, fiquei com vontade de ler, valeu pela dica de leitura e parabéns pelo blog. Abraços

    ResponderExcluir
  10. Olá Pamela.... Amei a resenha!!!! Esse tema está contagiando... e eu adoro.... gostei da premissa da história... do enredo e dos pontos que você levantou eu achei também a capa bem bonita... claro que o livro está na minha listinha a partir de agora... XerO!!!!

    ResponderExcluir
  11. Gosto bastante do gênero, mas não sei se leria esse livro especificamente. Tenho um certo preconceito com essa capa, não sabia que tinha sido mantida a original, mas não curti mesmo, achei um tanto quanto estranha. Isso de as coisas acontecerem muito rápido também não me agrada, e o uso de expressões como "chegar a casa" com certeza me irritaria.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  12. Não gostei da capa e achei a sinopse mais do mesmo. Lendo a resenha, até comecei a me animar mais.
    Esse lance de regência é mesmo tenso... Se deixa "chegar em", vai corroborar o erro; se deixa "chegar a", fica feio. Complicado! =P Eu já tô acostumada com isso, chego a vibrar quando tem esses acertos incomuns. rs
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  13. Oi!! Gostei da resenha! Não faz meu tipo de leitura. Parece ser um tanto meloso... (diz o cara que gosta de Nicholas Sparks), mas eu leria se me dessem para ler! Só não faria questão de comprá-lo.
    Beijos!
    Misael
    http://devoradoresde-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Pam
    Gostei muito da resenha! Fiquei curiosa com esse mocinho e se vou achar ele um idiota ao não, como algumas pessoas comentaram!
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oiee ^^
    Ainda não li esse livro, mas vi muuita gente animada pela continuação, então já sei que vale a pena...haha'
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá tudo bem ?
    Li uma resenha do livro faz um tempinho bem positiva, mas NA não é o meu gênero favorito e acho que eu demoraria um pouco para ler um livro como este. Você deve estar se perguntando mas eu nunca li um NA, mas este parece um bom livro para começar.
    Beijos, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Porque é O Jogo Perfeito? Fiquei curiosa! D: hahahaha
    Eu já conhecia o livro antes de ele ser publicado aqui, e estou doida pra ler!
    New adults sempre me ganham, e espero que esse seja mais um deles. O fato de ter capítulos com narrativas intercaladas já é um ponto super positivo, adoro. E amo quando a gente vê a transformação de um personagem, e aparentemente é isso o que acontece com o Jack, né? É a segunda resenha desse livro que leio, e a segunda que diz a mesma coisa da Cass, que ela é um pouco infantil. Espero que o fato da personagem ser assim, não deixa a leitura enjoada em alguma parte.

    Ótima resenha! :)

    Beijos,
    Fer - http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Daniella Calegari07 agosto, 2014

    Oiii, Pam.
    Amei sua resenha, fiquei ainda mais doida pelo livro. Sou apaixonada pelo gênero new adult e ouvi falar super bem desse romance. Estou participando da promoção, espero ganhar.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  19. Gosto muito de livro New Adult, espero que esse venha para minhas mãos tbm.
    Boa sorte com a promoção

    ResponderExcluir
  20. O livro parece ser ótimo, gosto muito desse gênero New Adult, estou doida pra ler, e cada resenha que leio dele a vontade só aumenta.

    ResponderExcluir
  21. Eu amo New Adults e adoro esse tipo de livro. Sou daquelas que ama romances e por mais clichês que alguns possam ser, amo mesmo assim e não me canso. Estou suuuper ansiosa para ler :DD

    ResponderExcluir
  22. Sei lá, mas achei mais do mesmo: bad boy com fama de pegador que se aproxima da nerd... já vi isso hahahahahaha
    Mas gosto disso de histórias com pontos de vistas diferentes... é interessante saber o que ambos pensam.
    A maioria das resenhas são positivas e isso tbm é positivo pra mim... quero ler, sim, mas não procuro com desespero e afinco.

    ResponderExcluir
  23. Oi Pam!

    Eu quero muito ler este livro. Adorei a capa e a sinopse e todas as resenhas que leio sobre ele só me deixam mais curiosa. Foi a Geeh que o resenhou no LdE, então, estou torcendo para acontecer um milagre e eu o ganhar! rsrsrsrsrrsrs

    Adorei a resenha e a explicação sobre o gênero!

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  24. Quero muito ler este livro, o título e a capa me ganharam a primeira vista, vi muitos comentários sobre como o romance aconteceu rápido e fácil, sempre que isso acontece o autor dá um jeito de jogar um balde de água fria no romance e recomeçar quase do zero, não sei se isso acontece, mas já estou esperando, gosto de personagens que mudam durante a história, que amadurecem e se tornam pessoas melhores, parece que Carter passa por isso e acho bom para a história, para a evolução dos fatos, new adults são meus queridinhos do momento...


    @jan_araujo7

    ResponderExcluir
  25. Desde que vi a capa desse livro me apaixonei, achei a sinopse super interessante e depois de ler a sua resenha preciso de O jogo perfeito na minha estante. >.<
    Quero muito saber o desenrolar do romance entre Jack e Cassie. Amo o estilo NA.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Não tenho bem certeza de que este livro faz meu estilo, mas estou muito tentada a dar uma chance pois são tantas opiniões favoráveis, que talvez seja hora de conhecer novos cenários. Estou curiosa para saber como o universo do beisebol foi inserido e como é a receptividade para nós, leitores brasileiros.

    ResponderExcluir
  27. Eu gosto muito desse estilo de livro então estou bem curiosa pra descobrir tudo sobre a leitura e saber o por que do nome, vamos ver o que vou achar do livro, pela resenha já gostei mas vamos ver né.

    ResponderExcluir