[Resenha] A Playlist de Hayden

07 junho 2015


A Playlist de Hayden
Autora: Michelle Falkoff
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 288
Sinopse: Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente. Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava. A Playlist de Hayden é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.

EU JAMAIS VOU SUPERAR TUDO ISSO.

E mais uma vez a Editora Novo Conceito fez um suspense total, além de jogadas de marketing que fazem com que todos queiram ler seu mais novo lançamento. Com A Playlist de Hayden não foi diferente e até brinde enviaram para nós, parceiros.

Mas diferente do que aconteceu com A Mais Pura Verdade, fui com muita sede ao pote e me decepcionei bastante.

Conhecemos logo de cara Sam, o protagonista e narrador do livro. Ele tem um melhor amigo chamado Hayden e cursam, juntos, o ensino médio. Hayden é atrasado e tem alguns problemas, então está uma turma abaixo da de Sam. Mas nem isso faz com que os dois se desgrudem.

Não. Há sim algo que poderia acabar com a amizade dos dois. A morte repentina e sem motivos de Hayden.

O silêncio no quarto começou a me apavorar. Eu continuava a tentar me convencer de que aquilo não era nada, de que Hayden tinha apenas encontrado uma boa posição para dormir, de que havia aquietado seus roncos regulares ou alguma outra coisa do tipo, mas isso seria algum tipo de milagre, e, mesmo depois de passar cinco anos na escola judaica, a verdade é que eu não acreditava em milagres.

Talvez o que mais chocasse Sam é que foi ele quem o encontrou, já sem vida, jogado na cama dele, entre os lençóis de Star Wars. Essa imagem o acompanharia por muito tempo. Na realidade, para sempre.

Ao mesmo tempo, sabemos que foi depois de uma festa que Hayden tomou esta dura decisão do suicídio. Mas o que realmente teria acontecido nela para que ele chegasse a este veredicto?

Muito suspense está por trás de personagens misteriosos que aparecem em sua vida, como a jovem Astrid.

Trabalhar o luto não é o mais fácil, para ninguém. E ele encontra em um objeto sua salvação. Mas é nos momentos mais loucos que ele toma forma.

Era mesmo muito difícil estar ali sem ele.

Além disso, Hayden deixou uma “herança”. A playlist que Sam encontra o faz refletir sobre a vida que o amigo estava levando e qual era a mensagem que cada uma transmitia. Não foi nada fácil, mas aos poucos ele começou a ligar fatos que já aconteceram às melodias.

No final das contas, Sam conseguirá realmente entender o porque Hayden fez tudo aquilo?

Narrado em primeira pessoa pelo personagem Sam, conhecemos a história a partir do momento em que Hayden se suicida. Claro que, ao longo da narrativa, muitas vezes somos remetidos a determinados acontecimentos importantes para os dois e que, quase sempre, estão relacionados com as canções. Só que o problema foi a maneira com que essas músicas foram inseridas no enredo do livro. Parecia algo forçado. Muitas vezes Sam estava contando algo do momento e voltava para outra coisa, totalmente sem noção.

A culpa inquietante sobre o suicídio, como a de alguns personagens (Sam, Astrid, etc) acabou tirando meu foco e minha paciência. O fato de uma pessoa se suicidar quer dizer que algo dentro do mundo dela estava desconectado. Poderia ser por causa de qualquer um deles, mas principalmente, partia principalmente de Hayden – e só no final que todo mundo se tocou disso ¬¬ .

Mais um livro que fui com muita sede ao pote e acabei me decepcionando. A leitura foi arrastada por diversos dias, chegando ao ponto de pensar: “deixa terminar logo, porque não aguento mais”. Mesmo a reviravolta já estava explícita e qualquer um que tenha lido com bastante atenção viu rapidinho.

Outro ponto meio negativo foi a emenda entre assuntos que estavam acontecendo e coisas que eles vivenciaram. Não há quase divisão de espaço entre um e outro e você tem que redobrar a atenção.

Embora tenham esses pontos negativos, a leitura não foi de toda ruim. A narrativa é escrita com desenvoltura. O problema foi o jogo de palavras que não combinou.


A única dica que tenho a dar é: não vá com sede ao pote. Pois, assim como eu, você pode tomar um belo tombo. Fora isso, se você gosta de um toque de suspense e muito drama, vá em frente e boa leitura!

17 comentários

  1. Olá, tudo bem!?
    Poxa, essa é a primeira resenha """""Negativa""""" que leio sobre esse livro. como parceira, solicitei o livro e ainda não recebi, mas tenho fé de que um dia vou poder me aventurar por esse livro e saber como as coisas aconteciam para Hayden e porque ele se suicidou... Se é que se suicidou. Uma pena que você se decepcionou com o livro, tomara que você leia logo um bom livro e esqueça esse!
    Beijos

    LuMartinho |Face

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Comecei a ler sua resenha e parei quando falou em decepção. Estou muito ansiosa para ler esse livro e não quero me influenciar pelas resenhas, e a sua pelo visto será negativa, então, vou esperar a leitura para poder voltar a trocar uma ideia com você. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  3. ah, pena que vc não curtiu. Eu gostei bastante do livro. Não chegou a ser meu preferido da vida, mas tem seu encanto'... quanto a playlist, eu gostei demais, conheci algumas bandas bacanas, outras já conhecia e gosto...
    enfim..
    bjs
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Pam, tudo bem?
    Eu estou com o livro aqui para ler, eu li os primeiros capítulos que foram disponibilizados e gostei bastante até onde eu li, porém eu tenho visto algumas resenhas que apontam os mesmos pontos negativos que você, e agora eu fiquei com um pé atras e não irei com tantas expectativas ler o resto.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Pamela, tudo bem?
    Nossa, já ouvi varias resenhas de pessoas que se decepcionaram com o livro. Acho que a NC aguçou tanto a curiosidade dos leitores e no fim ele acabou decepcionando por não ser tudo isso né? Eu ainda quero lê-lo em breve, e espero não me decepcionar já que agora não estou com expectativas tão altas e relação a ele.
    Beijos
    Carol
    www.sobrevicioselivros.com

    ResponderExcluir
  6. Eu não li o livro todo só o que a editora mandou de cortesia.
    Achei um pouco confuso em algumas partes, mas gostei.
    Acho que é a primeira resenha que vejo abordar algo negativo da obra. Isso é muito bom.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  7. Esse livro se parece com os treze por ques e a enorme joga de marketing em cima me deixou curiosa para ler. Adorei sua resenha, posso colocar um pé atras agora, Para nao me decepcionar.
    beijos
    http://mytinybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Pam, sua linda, tudo bem?
    Que pena, a editora divulgou tanto o livro que eu esperava por um grande mistério misturado ao drama do personagem. Você me desanimou um pouco quando falou que em alguns momentos o texto foi forçado. Acho que não o leria por agora.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, flor.
    Eu li as primeiras cem páginas e gostei muito. Acho que a autora foi ousada em abordar o bullying, a amizade, o primeiro amor e o suicídio em um único livro. Sei que pode soar irritante o modo como Sam se pergunta sobre a morte do seu amigo, mas me coloco no lugar dele e entendo por quê acabou se sentindo culpado. Em outras palavras, ele viu o sofrimento de Hayden, mas estar ao lado dele não foi suficiente. Enfim, espero não me decepcionar tanto quanto você quando finalmente concluir minha leitura. :) Tenho esperanças de continuar gostando do livro.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Pam
    Tudo bom?
    Eu estou doida para ler esse livro, mas acho que vou seguir seu conselho e não ir com muita sede ao pote, pois assim acho que vou me frustar menos.
    Adorei sua resenha
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Nossa, uma pena que vc ficou decepcionada com o livro, eu tbm pedi esse livro, mas quem vai ler é meu amigo q vai resenhar para mim, rsrsrs, ainda bem q já na sinopse eu n fiquei interessada, e por sua resenha - que adorei, pq foi sincera - eu sou feliz por n ter nem tentando ler o livro :p
    www.muchdreamer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá tudo bem?
    Uma pena você não ter gostado tanto, minhas primeiras impressões foram bem positivas, estou bem curiosa para finalizar a leitura!
    beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi Pamela
    Dica anotada, nao vou com tanta sede ao pote. Já ouvi que o livro nao esta agradando tanto. Estou com ele em casa e vou ler em breve. Acho qus esta questao das músicas que não foram tao abordadas né.


    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Recebi esse livro de cortesia da editora, mas ainda não comecei a leitura. Acho que todos foram com expectativas muito altas em relação a esse livro, porque vi muitas resenhas negativas dele. Ainda não sei o que irei achar, mas pretendo descobrir em breve.

    Beijos
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oii, tudo bem?
    Li sua resenha apensas por cima, estou lendo o meu e quero ter todas as surpresas, sabe, sem correr risco de algum spoiler. Mas vi que não te agradou tanto, que pena, vi muitas pessoas gostando dele, até agora eu estou adorando, espero que continue assim.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  16. Oie, tudo bom?
    Também me decepcionei um pouco com o livro. Esperava um pouco mais de emoção na história. Os personagens não me cativaram e achei que a playlist ficou meio perdida no contexto. Enfim, como você disse, a narrativa é muito boa, porém a história não me ganhou tanto assim.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi,
    Eu gostei da leitura, mas fui com muita sede ao pote também, toda a jogada de marketing deixou muitas pessoas como eu, empolgada demais, enfim gostei da leitura, mas não encontrei nada demais.
    Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir