[RESENHA]Feitiço da Sombra

18 outubro 2015

Feitiço da Sombra
Autor: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Número de página: 288

Sinopse: Segundo livro da trilogia Primos O’Dwyer, Feitiço da sombra é uma emocionante história sobre os maiores poderes mágicos que existem: o amor, a amizade e a família. Connor O’Dwyer se orgulha de chamar o Condado de Mayo de seu lar. É lá que Branna, sua irmã, mora e trabalha e onde Iona, sua prima, encontrou o verdadeiro amor. Foi nessa terra que seus parentes e amigos formaram um círculo de proteção que nunca poderá ser rompido... Até que um beijo põe em risco a segurança de todos. Depois de um breve encontro com a morte, Connor e a melhor amiga de sua irmã se entregam um ao outro. Eles se dão bem desde a infância e, depois do tórrido encontro, o rapaz tem esperança de que esse relacionamento evolua. Para frustração dele, no entanto, Meara se contenta apenas com o prazer do momento, temendo se perder – e perder a amizade dele. Essa mudança em sua relação pode abalar o círculo e permitir que uma perigosa ameaça ressurja aos poucos, como uma névoa. Para detê-la, Connor precisará novamente da família e dos amigos para despertar a força e a fúria que correm em seu sangue. Quem sabe pela última vez.

Este é o segundo livro da Trilogia dos Irmãos O’Dwyer. Aqui conhecemos mais a fundo dois personagens que no livro anterior já estiveram presentes, mas sem muito foco. Estou falando de Connor e Meara.

Conhecemos, primeiro, um pouco mais da história de maneira geralizada. Iona e seus primos, Branna e Connor, que tem como herança os poderes de Sorcha, conhecida como a Bruxa da Noite, estão unidos por um propósito: para que suas as forças e poderes sejam capazes de vencer o sombrio bruxo Cabhan.

Depois do desfecho do livro anterior, eles estão mais convencidos que o que vem pela frente não será uma batalha nada fácil, mas mesmo assim acreditam que, com foco e treinamento, conseguirão ter algum avanço, comprando uma última batalha.

Aqui eles estão mais preparados. Já passaram por mais experiências e acabaram adquirindo novas defesas com o poderoso Cahban. Branna estuda a fundo o livro que traz mais detalhes sobre o bruxo, cria novos amuletos de proteção e a união do grupo cada vez ser torna mais forte e mais poderosa.

Como mencionei anteriormente, aqui o foco é Connor e Meara. Através de um romance encantador, ela é descrita como uma mulher forte, sedutora e capaz de fazer tudo que quer. Já Connor é o típico galanteador, gentil e fofo, conquistando a todos os leitores. ambos vem lutando contra esses sentimentos, pois cresceram juntos e temem que um possível envolvimento acabe com a amizade. Mas esse tal sentimento falará mais forte nesse livro.

Gostei do livro em si, mas achei muitas semelhanças com o primeiro. Nora conseguiu nos prender e deixa a leitura fluir, mas nada de muito empolgante.

Trabalho gráfico impecável, diagramação boa pra leitura, sem erros de revisão. Indico a todos que gostaram do primeiro livro e para aqueles que querem conhecer a escrita da autora.


‘‘O amor não é um prêmio concedido por mérito ou algo a ser tomado de volta quando um erro é cometido. É um presente, tanto para quem dá quanto para quem recebe.’’ 

Nenhum comentário

Postar um comentário