[Resenha] Violetas ao Vento

22 março 2016

Violetas ao Vento
Autora: Jéssica Anitelli
Editora: Amazon
Número de Páginas: 193

Sinopse: Só quando a brisa que traz o cheiro do mar a toca, é que Violeta sorri. As amizades de Thamires e Ricardo também a deixam alegre, como se tudo não passasse de uma brincadeira de mau gosto. Em uma trajetória de dores e aprendizado, a adolescência nunca foi tão difícil, trazendo dúvidas e paixões, nem sempre correspondidas. “Quem realmente sou?”. Para que o vento não seque mais as lágrimas em seu rosto e traga só as coisas boas, um longo caminho será traçado de forma que no final o amor seja reencontrado. O amor por si própria e pelos outros, que chegou a considerar com desprezo. Violeta encontra, nas poesias que lê, um esboço de sua dor, de sua transformação, de seu novo eu. Percebe que, ao se ver refletida em versos, pode enxergar também uma esperança de um futuro melhor. Mas este só chegará a cada passo dado em direção ao eu que quer construir. “Quem realmente sou?”. Essa pergunta rodeia a todos nós, e Violeta não conseguirá passar pela vida indiferente a ela.

Não conhecia o livro, nunca tinha ouvido falar, mas o encontrei nos e-books gratuitos da Amazon e me interessei pelo título. Ao ler a sinopse, percebi que podia vir a ser uma boa leitura. E sim, estava certa, pois Violetas ao Vento foi uma linda leitura, com aquele pezinho no favorito.

Violeta é uma adolescente. Mas não uma adolescente normal, que é feliz, rebelde e coisas e tal. Violeta tem poucos amigos. Na verdade tem somente dois, Thamires e Ricardo. Na escola Violeta sofre com a zoação de muitos. Ela é tímida e tem medo. Mas tudo isso acontece por um motivo, um motivo forte: sua família é completamente desestruturada. Violeta sofre por causa de seu pai, o mesmo bate em sua mãe e a agride também, fora que enche de caraminholas a cabeça de seu irmão. Como ser feliz em um lugar assim?

Mas Violeta, no meio desse caos, consegue abrir sempre um sorriso em seus lábios, pois seus amigos e o seu cantinho na praia conseguem fazerem isso. Mas nem tudo na vida de Violeta será tristeza e preocupação. A vida dela muda e ela terá respostas para muitas perguntas.

Como disse, Violetas ao Vento foi um tiro no escuro que deu certo. Não havia lido livro algum da Jéssica e amei essa apresentação, pois me abriu portas para outras oportunidades.

Violetas ao Vento é um livro que nos mostra a realidade, pois em muitos lares acontecem o mesmo, muitas famílias sofrem com a violência doméstica. É um livro poético, que nos toca profundamente, mas ao mesmo tempo revoltante, ainda mais com o final do livro. eu senti tanta vontade de matar o pai de Violeta. Ô home escroto!!!

É um livro que vou ficar falando, e falando, e falando, e não vou dizer nada. Violetas ao Vento é um livro que merece ser lido, um livro que vem mostrar que os nacionais estão ótimos, que mostra a dura realidade de muitas famílias, o porquê das rebeldias e depressões de nossos jovens. Um livro que mostra o valor de uma amizade, o quanto um novo amor muda e floresce tudo. Além de todos os valores, o pedir e aceitar o perdão são algo que não tem explicação.

Esse post faz parte do TOP COMENTARISTA!

14 comentários

  1. Aiiii que capa linda!!!! Compraria só pela capa, sabia? Sou dessas kkk mas, vamos a sua resenha... eu gostei muito do que você comentou, principalmente sobre valores e afins. Fiquei mega curiosa...
    beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oi, a premissa do livro é interessante e por se tratar de temas tão sérios, deixe o livro mais instigante e acho que é um tipo de livro que todos deveriam ler, pois trata de uma coisa que muitas familias passam.
    bjus
    http://recantoliterarioeversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que os e-books grátis às vezes ajudam muito para conhecer novos livros e novos autores. E fico feliz que tenha gostado, e espero que livro nacional conquiste cada vez mais seu lugar, porque eles merecem. Não é muito meu gênero que costumo ler, mas você falou tão bem dele, que vou acabar lendo.
    https://nerdbookblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Bruna
    Esse livro parece ser lindo! Confesso que ainda não o conhecia e fico feliz em ver um livro nacional ser elogiado assim. A trama parece intensa, e cheia de reflexões.Adoro o levantamento dessas questões como amizade e amor. Adorei a resenha e sem dúvidas leria o livro.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá Bruna,

    adorei a capa do livro, gosto quando a leitura nos traz momentos de reflexão e essa parece ser uma de fato. Fiquei curioso sobre essa obra. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Bruna,
    Às vezes a gente dá sorte escolhendo os livros assim ao acaso. Essa leitura pareceu ser muito boa!
    beijos

    www.prateleirasemfim.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá, Bruna!
    Me interessei muito pelo livro, através de sua resenha!
    Adoro temas fortes e a história, tratando de depressão e violência doméstica, não poderia ser de outra forma!
    Essa zoação a que você se refere seria bullyng? Poxa... que autora bacana, tratar de mais um tema polêmico no mesmo livro! Que orgulho por ser uma autora nacional!
    A linguagem poética me fascina e o livro vai entrar para minha lista de leitura com certeza!
    Valeu a dica!

    Beijos!

    Karla Samira

    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá

    Caramba não imaginava olhando só a capa que o livro tratasse de abusos domestico, li Uma Razão para Respirar que trata da mesma tematica e lembro que fiquei bem angustiada, sabendo que é um livro nacional me deixa ainda mais feliz.

    Bjos
    rillismo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá, amo livros com temáticas de dramas familiares. Com certeza eu lerei um dia!

    ResponderExcluir
  10. Oi Bru!
    De fato a autora escreve muito bem e seus livros são nacionais de qualidade, ainda não li essa obra em especial, e curti a dica e a resenha! Beijos
    Overdose Literária - Paula Juliana

    ResponderExcluir
  11. Olá Bruna tudo bem, um tiro certeiro no escuro não é mesmo, me encantei com o livro lendo a sua resenha. As vezes bate aquela vontade de ler alguns e-books mas nunca pesquiso, vou anotar a dica! Bjkas

    ResponderExcluir
  12. Oiie Bruna, tudo bem?

    Que livro triste :/ Que pena da Violeta. Que raiva desse pai nojento affe É triste ainda saber que isso acontece na vida real. Gostaria de ler ele, para saber se a Violeta terá um final feliz.

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Realmente a capa é linda e a resenha mostrou o foco do livro, que é interessante, mas não é meu gosto de livro.

    ResponderExcluir
  14. Olá...
    Parece um livro bem gostosinho de ler mesmo... eu curti muito a premissa dele.... achei interessante essa coisa dos valores.... infelizmente esse tipo de violência realmente acontece em muitos lares e eu detesto essa covardia... e pior por medo as mulheres se calam de uma forma completamente injusta para elas... claro que assim que eu tiver a oportunidade vou querer ler... Xero!

    ResponderExcluir