[Resenha] A garota do calendário - Março

13 janeiro 2017

A garota do calendário
#Março
Autora: Audrey Carlan
Editora: Verus
Número de Páginas: 144
Onde comprá-lo: Amazon | Submarino
Sinopse: Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Mia vai passar o mês de março em Chicago com o empresário Anthony Fasano, que a contrata para fingir ser noiva dele. A princípio Mia não entende por que um homem tão lindo e másculo precisa de uma noiva de mentira, mas ela está prestes a descobrir...

Confira as resenhas anteriores aqui:


Obs.: esta resenha pode conter spoiler dos livros anteriores.

Eu sei que estou atrasada com a leitura e que já havia comprado ele na Bienal do Livro do ano passado, mas só depois de ganhar todo o resto e ter a coleção completa é que eu decidi voltar a acompanhar A garota do calendário em suas novas aventuras.

Mia está de volta a Las Vegas e morta de saudades de sua melhor amiga, Gin, e de sua irmã mais nova, Maddy. Gin continua desbocada, mas o auge das minhas gargalhadas foi sem dúvida quando, em uma conversa pra lá de caliente, Maddy apelidou a vagina de "pepeca" (insira aqui aquela música maravilhosa sqn do MC Livinho). 

Com a terceira parcela do dinheiro da dívida que seu pai tem com Blaine, ela vai até seu escritório, que fica em um prédio onde ele mantém um luxuoso cassino. Muita gente perde tudo ali naquele local e, ele como um bom samaritano (sqn novamente), acaba emprestando o dinheiro necessário, fazendo com que quem o pega entre em um círculo vicioso. E não é que o safado ainda tenta se reconciliar com Mia? Depois de tudo o que ele mandou fazer a seu pai, que ainda sofre as consequências, estando em coma. Cafajeste é cafajeste, não é mesmo?


Mas faltam apenas 10 meses e ela estará livre dele. A menos que ele cumpra o que prometeu e procure seus serviços por um mês inteirinho. Ele não seria capaz. Ou seria?

Depois de deixar o dinheiro nas mãos do agiota, ela parte para mais um mês de loucura. Pelo menos é o que ela imaginava. Sabia que não precisaria manter relações sexuais com seus clientes, mas vai que algum deles se parecia com os dois anteriores? Seria inevitável. 

E chegando lá ela coloca os olhos em um homem enorme, enrolado apenas em uma toalha. Ele era o cúmulo da perfeição e Mia já imaginava que iria se divertir horrores com aquele corpo. Anthony Fasano, um dos herdeiros da grande rede de restaurantes, era excepcional e totalmente diferente de Wes e Alec. Como ele havia sido lutador, ele estava em um patamar diferente na escala de gostosura criada em sua mente. E toda essa imaginação ia de vento em popa até ele chamar uma outra pessoa, que também estava saindo do banho. 

O que ela viu foi algo que não entendia. Outro homem entra no ambiente, 
igualmente bonito, embora menos avantajado que o anterior. Abraçados, ela finalmente entendeu o porque estar ali. Ele precisava de uma noiva de fachada para apresentar à família. Se todos eles soubessem da verdade, além da mídia que o espreitava, ele estaria frito. Perderia todos os anos de investimento e dedicação à luta e ao negócio que acabaria herdando. Como único filho homem, vindo de uma família tradicional italiana, era ele quem deveria comandar tudo aquilo. Era ele quem deveria proporcionar netos saudáveis e que também iriam cumprir seus papeis quando tivessem atingido uma certa idade. 

Mas como lidar com tudo isso se quem Anthony ama é Hector? Todas as tentativas com mulheres foram frustradas, então era óbvio que talvez a farsa com Mia não causasse tanta admiração entre os que deveriam engolir a mentira. Mas nossa protagonista é demais. Ela é uma verdadeira atriz, então cada um foi cativado de uma forma diferente.

O problema é que Mia se vê extremamente apaixonada por Wes. Finalmente ela nos confessa isso e vai ser uma barra passar mais um mês longe de seu grande e verdadeiro amor. É por isso que as sms vem e vão. Ela não consegue se ver livre dele. E nem quer. Mas muitas outras surpresas acontecem nesse meio do caminho, que vocês só saberão se ler!


Esse foi, sem dúvidas, um dos livros mais emocionantes dentre todos. Vai muito além de sexo, embora tenham cenas pra lá de calientes. Audrey finalmente aliou um tema que ainda hoje, em pleno século XXI, temos tantos casos de preconceito. O mais recente foi o da mãe que, com a ajuda do padrasto, mata e queima O PRÓPRIO FILHO!!!! Sinceramente eu não sei onde esse mundo vai parar, mas esse tipo de prejulgamento tem que acabar! Optar por seguir seu coração, ele amando homens ou mulheres, é a única coisa certa a fazer e não deveríamos ter que nos preocupar com retaliações. Mas a fé é grande e um dia tudo isso cai por terra e todos terão seu lugar, como realmente merecem (momento desabafo).

Mesmo sendo um assunto totalmente pesado, ela soube escrevê-lo de uma forma que até os defeitos de Anthony - principalmente sua arrogância e o pensamento sempre no que os outros vão dizer - foram deixados de lado e ele se tornou meu primeiro personagem homossexual favorito! Além disso, Hector é aquele amigo gay que toda mulher gosta de ter por perto, principalmente pelo bom gosto e carinho que sabe oferecer à Mia. 

Novamente o livro foi narrado por nossa protagonista e ela se demonstrou com muito menos paciência que nos anteriores. Provavelmente esta seja uma deixa para mostrar que realmente ela não gosta de ser uma acompanhante e que está apenas fazendo isso em troca do dinheiro e da liberdade dela e de sua família daquele tremendo filho de uma boa mãe do Blaine.

A capa seguiu o padrão da série e este vestido é um dos mais bonitos de todos. Amarelo é uma das minhas cores favoritas, embora não a use com frequência (só no Natal e Ano Novo, porque se essa ladainha de que atrai dinheiro der certo, fico milionária em 2017, rs). Não vi erros de revisão e a diagramação interna seguiu o padrão das publicações da editora e da própria série.

Só um adendo: porque cazzo todo mundo chama a figura paterna de pops? Se alguém souber, me explica nos comentários, por favor, porque isso foi um tremendo incômodo! 

Estou ansiosa pelo mês de Abril, pois no final deste temos o primeiro capítulo e já pude observar que trabalhar ao lado de um jogador famoso, mimado, arrogante e prepotente não vai ser nada fácil!

28 comentários

  1. Sempre ouvi falarem bem dessa série e adoro essa ideia de um livro por mês, não imaginava que um livro como esse fosse falar de assuntos tão pesados e que merecem ser mencionados! Eu adorei.

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Nossa, essa é a primeira resenha de um livro dessa série que eu vejo favoritado kkii. Eu li janeiro e pausei a leitura de fevereiro na metade. Acho a leitura bem agradável, algo bem pra passar o tempo. Conferir a vida de Mia se torna algo bem divertido de se fazer, ver os seus altos e baixos. Enfim... Fico feliz que tenha curtido esse mês, Até mais ver
    Bjks

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho uma opinião completamente contrária a da maioria a respeito da Mia, debati muito isso na época que li esse livro, portanto hoje procuro evitar expor o que já foi tão falado. Desse livro eu só gostei mesmo da evolução do relacionamento do Antony e do Hector (um amor de pessoa por sinal), abril também tem sua pitada de emoção. Parei em Abril e estou terminando de montar minha coleção para poder retomar a leitura, o que vai ocorrer logo logo, já que faltam apenas dois livros, mas já comprei dezembro e já li o final, porque sou dessas e não estava aguentando tanta enrolação.

    http://www.nossomundoliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Uauuu, adorei!!!!

    Já estou louca para comprar e acompanhar essa historia. 😍
    O texto conseguiu me prender do começo ao fim rsrs

    ResponderExcluir
  5. Eu tô louca pra ler essa série, essas capas abalaram meu coração;

    ResponderExcluir
  6. Oie! Tudo bem? Olha li só por cima a sua resenha para não pegar nenhum spoiler dos outros livros, pois é uma coleção que desde que lançou estou de olho para comprar e ler, desde que ele lançou fiquei interessada, ainda mais por conter uma trama bem diferente do que somos acostumadas a encontrar em livros desse gênero!
    Bjss

    ResponderExcluir
  7. Eu desisti da série no segundo volume e acho que fui até longe demais. Ainda não consigo entender o sucesso destes livros. Tirando toda a sensualidade da trama, que ao meu ver é apelativa, vamos pensar no enredo que levou a Mia a viver todas essas situações, a tal dívida do pai: cadê a polícia????? Não engulo este plot, superficial demais!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá!!
    Essa é uma série que sempre tive curiosidade de ler, e sua resenha me deixou com mais vontade ainda...
    Está na listinha hehehe
    Um beijo!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Esse livro não foi meu favorito, pois não achei tudo isso. Entretanto, a história foi bem melhor nesse volume. Achei muito legal a forma como a autora lidou com as coisas e com os preconceitos alheios.
    Espero que os próximos te agrade.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Eu vejo várias resenhas dessa série, mas não sei pq a premissa não me convence. Fico até curiosa, mas sempre pulo eles na minha lista interminável de leitura. Quem sabe um dia...
    bjos
    www.causoseprosas.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?

    Dessa série li até fevereiro. Estou com muita ansiedade para ler os outros livros. Preciso ler todos os livros, porque preciso saber como será o final, já imagino várias coisas e estou bem curiosa em relação aos próximos livros.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Acredita que ainda não li nenhum dos volumes da série?!
    Pois é, e tenho visto tantas resenhas positivas (algumas negativas também) sobre eles que a cada uma fico ainda mais curiosa para saber se vou gostar ou não.
    Fico feliz que Mia finalmente tenha admitido seu amor por Wes e quero acompanhar esse amor nascendo. Sem contar que quero saber quais caminhos Anthony tomará por causa de sua sexualidade.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Ouço opiniões adversas sobre essa série, mas mesmo assim sou doida pra ler essa série, só para conhecer melhor a história da Mia e como ela encara os desafios da vida dela. Eu já vi todas as outras capas e acho essa amarela e a vermelha as mais bonitas e interessantes; espero conseguir comprar e ler essa série toda para ter minhas próprias conclusões.
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi, Pamela! :)
    Terminei de ler esse livro na semana passada, e continuo torcendo pelo Wes. Percebi que a Mia vem evoluindo bastante e espero que ela continue assim. Também foi muito bom acompanhar o amor tão grande de Hector e Anthony!
    E o que foram as cenas hots de Mia e Wes? Estou em choque até agora! Hahahahaha

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    Eu não conhecia essa série de livros e na ultima reunião que tive com amigas que são blogueiras literárias elas me falaram do sucesso dessa série de livros entre o público mais adolescente. Vi opiniões positivas na sua resenha, mas também ouço outras afirmações de quem já leu e não gosto. Bj

    ResponderExcluir
  16. Oie
    caraca que bom que a historia te deioxu tão empolgada. Eu tenho os dois primeiros aqui mas ainda nao tive tempo de ler e sinceramente não estava cruiosa até ver tantas resenhas elogiando o enredo, agora fiquei curiosa e espero ter tempo pra poder ver se é tudo isso mesmo

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Gostei muito da sua resenha, mas confesso que pulei algumas partes quando senti que era um possível spoiler para mim, que ainda não consegui ler nenhum.
    Estou curiosa para conhecer Mia e os acompanhantes mês a mês.
    Ótima resenha.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  18. Eu não li nenhum desses livros ainda, mas desde o primeiro eu já tenho uma suspeita de com quem a menina termina. Eu sei que a autora fez 12 livros, mas eu começo a me perguntar se eram realmente necessários 12 para confirmar aquilo que já sabiamos desde o principio e que ela poderia apenas aprofundar a relação né? Não sei, apenas suposições porque como já disse eu ainda não li, mas pretendo ler. Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá, udo bem por aí?

    Eu vou ler essa série esse ano, começando agora em janeiro. Eu vou ler um por mês, pois eu adorei isso de cada volume da série corresponder a um mês. Que bom que você gostou! Isso me faz querer ler mais ainda. Parabéns pela resenha!

    Abraços.
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  20. Olá! Nem pude ler toda a sua resenha devido ao seu comentário lá no início, de que poderia haver spoilers dos livros anteriores.
    Ainda não pude ler a série, mas estou bem ansiosa. Sempre leio ótimos comentários e resenhas.

    ResponderExcluir
  21. Que resenhaaa!
    EU AMEEEI MARÇO!!! É MEU PREFERIDO! Ele sem dúvidas colocou Fevereiro no chinelo e ainda pisou em cima.
    Nossa, é tanta coisa. O casal é um amooor, Mia está focada em ajudá-los, e ainda por cima tem a presença de WEEEEES!! <3 Eu estou louca para terminar essa série logo, não vejo a hora de saber como será o desfecho disso tudo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Olá, sua resenha foi muito bem explicativa, mas eu realmente não consigo me interessar por esta leitura. Este enredo da série, poderia ter sido resumido em um livro, li o primeiro, mas quando comecei o segundo, vi que tudo ficou muito superficial e a autora não tinha muito o que dizer. Que bom que a leitura te conquistou.

    ResponderExcluir
  23. Li até agora apenas o primeiro livro da serie, mas pretendo dar continuidade esse ano!

    Por sua empolgaçao, presumo que esse seja um dos melhores, em comparação com os anteriores, principalmente por abordar uma polemica... Nao me aprofundei mto na resenha, pois como disse ainda vou continuar a série!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  24. Olá! Que bom que você acho esse livro emocionantes. Já li muitas resenhas dessa série, tem bastante fãs a autora. Mas os livros não me atrai por que tem muitas cenas de sexo e a histórias abordada da trama não me deixa curiosa. Beijos'

    ResponderExcluir
  25. Oi tudo bem?

    Adoro a forma como a autora escreve esses livros, um por mês, mas infelizmente a temática não me chama atenção, vou deixar passar a dica.

    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  26. Oi Pam
    Sou suspeita pra falar desse livro, até agora foi o que mais gostei, por causa de tudo que Anthony e Hector passaram.
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Oi Pamela, ahhh esse livro... planejei começar a ler a série esse ano, um livro por mês, e já comecei mal...rs Final de janeiro e nem comecei ainda! Todas as resenhas que leio sobre essa série chamam minha atenção, e a sua não foi diferente. Me deu ainda mais vontade de ler. Abraços

    ResponderExcluir
  28. Olá!
    Eu tenho na minha estante o livro Janeiro, Fevereiro e Março, mas ainda não comecei a ler, também estou esperando completar a série, porém não estou me aguentando de curiosidade. Pelo que eu percebi, A Garota do Calendário tem altos e baixos. Ouço muito bem de Janeiro, muito mal de Fevereiro e muito bem de Março, mas mesmo assim, eu quero muito ler.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir