[Resenha] À sua espera

09 janeiro 2017

À sua espera
Rosemary Beach #10
Autora: Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 240
Onde comprá-lo: Amazon | Submarino

Sinopse: Mase sempre preferiu a vida simples em seu rancho no Texas à agitação do mundo do pai em Rosemary Beach. Na verdade, ele quase nunca visita o famoso astro do rock e Nan, sua meia-irmã mimada e egoísta. Mas tudo muda quando conhece uma das empregadas da casa, uma garota linda que, sem saber da presença dele, o desperta com seu canto desafinado. Depois de anos sendo maltratada pela família e pelos colegas por causa de um distúrbio de aprendizagem, Reese conquistou sua liberdade e mora sozinha trabalhando como diarista para as famílias ricas da cidade. No entanto, seu sustento fica ameaçado quando ela causa um acidente na casa de Nan Dillon. Ao ser salva por Mase, um rapaz atencioso e com charme de caubói, Resse fica surpresa pelo gesto dele e, depois, apavorada quando ele demonstra interesse nela. Nunca na vida de Reese conheceu um homem em que pudesse confiar. Será que Mase pode ser diferente? Nessa ardente paixão que nasce entre a doce e batalhadora Reese e o centrado e sexy Mase, Abbi Glines mais uma vez mescla tristezas da vida real com amores de contos de fada e nos faz suspirar até a última página.





Eu nem estou acreditando que minha lista de livros lidos da Abbi está só aumentando. Tudo bem que o último não tenha me agradado muito, depositei todas minhas esperanças em Mase. Parece que sempre que a autora conta a vida de um dos personagens masculinos, acabo me identificando mais, gostando mais da narrativa.


Mas será que eu achei isso mesmo?


Reese é apenas uma jovem, mais uma dentre tantas outras que é abusada pelo padrasto desde que começara a ganhar corpo de mulher. Ela já tem lá seus vinte e tantos anos, mas permanecia no local por causa de sua mãe, mesmo ela acreditando cegamente no homem cruel e devasso que ali também habitava. Até que um belo dia a cena vista pela matriarca da família fez com que um ponto final fosse colocado entre elas.

Agora Reese era uma mulher livre, mas totalmente sem dinheiro, sem emprego, sem lar. E é em Rosemary Beach que tudo começa a mudar em sua vida. Trabalhando em uma agência de empregadas domésticas, a jovem consegue casas para limpar por quase todos os dias, mantendo assim um pequeno apartamento alugado e uma vida até que confortável.

E tudo estava indo muito bem, até se deparar com uma casa gigantesca e um cawboy nervoso pelo fato de ela estar cantando. É claro que ela não sabia que ele estava ali, pois desde que começara as limpezas do local, esteve sempre sozinha. E como desgraça sempre vem em conjunto, além de acordar o bonitão e ter aquela visão do paraíso com ele nu, envolto apenas em um lençol, ela tinha de subir em uma cadeira e cair em cima de um espelho que deve ter custado o olho da cara. Ah, e é claro que ele quebrou em pedacinhos e Reese se estrumbicou toda.

Mas o que ela não esperava era que o gostosão ia ajudá-la, demonstrando grande preocupação. Mase – que ela descobriria mais tarde ser filho do grande astro do rock Kiro Manning – estava se mostrando ser um verdadeiro gentleman, diferente de seu pai, rs. E é claro que bateu aquele feeling entre os dois, típicos dos livros da Abbi (e cá entre nós, adoro isso, rs).

O problema é que Reese não conseguia se sentir confortável ao lado dos homens, devido todos os traumas que sofrera desde a infância. Embora Mase estivesse quebrando todas essas barreiras, será que nossa jovem protagonista conseguiria se rendera tão aterradora paixão?


Eu disse que Grant era meu favorito? Pode tirar o cavalinho da chuva que Mase chegou com tudo e roubou seu lugar, rs. Ele é tão doce, e ao mesmo tempo tão erótico, que causa arrepios e quase todas as cenas em que aparece, ao passo que Reese é aquela típica menina que não quer nada com nada, mas ao mesmo tempo quer tudo. Ok que ela sofreu abusos no passado e boa parte de sua revolta seja por este motivo, mas deixar de lado as investidas de um verdadeiro lorde? Me poupeeeee queridinha. Ela chega a ser irritante, principalmente quando deixa o coitadinho falando sozinho, sem ter culpa alguma, ou nem ao menos se preocupar em investigar antes de ter um ataque de pelanca – ops, ataque de ciúmes!

A narrativa se intercala entre as visões de Mase e Reese, e é óbvio que, assim como nos anteriores, as partes dedicadas ao que os homens dizem e pensam me atraem muitíssimo mais. Meu lado macho alfa se liberta nesse tipo de leitura, hahaha.

O livro seria o meu mais novo favorito se um fator essencial para mim nas publicações não tivesse passado despercebido... A REVISÃO MINHA GENTE. Tinha tanto erro bobinho que eu fiquei chocada em como a Arqueiro conseguiu deixar isso passar. É a segunda resenha, uma em seguida da outra, em que editoras grandes e muito queridas por mim deixam este tipo de falha sair na impressão. Com esse aqui parece que o prazo tinha acabado e eles enviaram de qualquer jeito, do tanto de erro que eu encontrei. Faz o favor de fazer a reimpressão, por favor? Obrigada, de nada!

A diagramação interna seguiu o padrão dos demais livros da editora e da série. A capa é, sem sombra de dúvidas, a mais atraente de todas até agora e mescla bem tudo o que vai ter ali dentro: muita gostosura em um corpo de cowboy.

Em suma, os livros da Abbi continuam ótimos para curar aquela velha ressaca literária que assola todo mundo, principalmente nesse início de ano. Em duas horas Mase já tinha roubado meu coração de uma tal maneira que mal consegui dormir, hahaha. Então se você quer uma leitura rápida, intensa e marcante, a série Rosemary Beach é uma ótima pedida.

E se você, assim como eu, odeia Nan com todas suas forças, se prepare. Nesse aqui você vai querer assassiná-la com todos os requintes de crueldade possíveis e imagináveis!


30 comentários

  1. Ola
    Adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro, ainda mais porque eu também ja fiz essa leitura e admiro muito o trabalho desenvolvimento pela autora. Por falar nisso, suas opiniões refletem bem as minhas próprias... ah, sobre Nan concordo plenamente!!!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Primeiramente eu fiquei surpreso em saber dos erros, a Arqueiro é sempre pioneira quando o assunto é revisão (Pelo menos pra mim) e ver isso me eixo um pouco assinado kkjj. Eu já conheço essa série, afinal seria difícil descobrir quem não! Mas eu não sinto muita vontade de iniciar. Fico feliz em saber que esse livro quase se tornou o melhor. Mas eu acho essa capa muito feia e não segue o padrão das demais </3. Até mais ver

    ResponderExcluir
  3. Nossa sou completamente suspeita para comentar sobre os livros da Abbi sou apaixonada pelos livros dela, pelos prensagens e pelas tramas e esse então conquistou o meu coração de uma forma que não sei explicar! E moça, estou no mesmo barco que o seu: o Mase tomou o lugar do Grant do meu coração! kkkk
    Bjss http://resenhasteen.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Gosto muito dos livros dessa autora, embora esteja um pouco atrasada nessas histórias. Quero muito conhecer a história do Mase e pela sua resenha, parece que realmente vale a pena a leitura. Legal saber que a escrita da autora continua fluída e que o romance também consegue prender nossas atenções.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Já vi muitos leitores elogiarem as obras da Abbi, mas nunca li, da arqueiro só leio os do Nicholas e os de época, mas pelo que soube tem um pouco de hot, mas eu queria saber e conhecer a escrita dela.

    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Parei com a Abbi Glines lá no Simples Perfeição e não pretendo voltar. Tinha curiosidade com o Mase, mas a escrita da autora não funciona pra mim.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Não tenho interesse em ler esses livros, mesmo que as tramas sejam interessantes, tô fugindo de livros do gênero, haha.
    Mas adorei saber que a leitura é rápida, isso é um ótimo incetivo, caso alguém queira ler algo depois de uma leitura mais densa!
    Obrigada pela dica!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  8. Oi, já estou apaixonada por esse Mase só pelas resenhas. Ele está cheio de fãs assumidas, é só escolher rs Gostei da resenha e estou bem animada para ler esse livro. Bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá, eu ainda não me animei a ler os livros dessa série por ela ser muito longa, e pelas resenhas que tenho visto, não são todas os volumes que agradam (e eu não tô com grana pra comprar ela toda). Fiquei animada para ler esse livro, pois gosto de romances e ainda mais com cowboys. Acho que a questão do abuso é uma coisa muito séria, e não pode se esperar que os traumas de uma violência assim passem do nada.

    ResponderExcluir
  10. Oie ...
    Sempre tenho o hábito de fugir desse gênero, pois, ele sempre acaba me incomodando em algum aspecto. Porém, tenho uma certa quedinha por livros que se passam no interior, logo, é um livro que pretendo ler :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Dessa autora só li a sub-série Sem limites e foi legalzinho, mas morreu ai rs.
    Gostei de conhecer suas impressões e fiquei imaginando como deve ter sido ler um livro com o Mase e que bacana que ele é desse jeito.
    É uma pena que a revisão do livro esteja tão ruim. Juro que não entendo como isso acontece, mas pode ser essa falta de prazo que você falou.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Você disse que o Grant era seu favorito é o Mase tomou. Acredita que eu desde o Wood eu fiquei encantada e ele tomou meu coração. O Grant e o Mase balançou mas meu coração é do Wood. Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá! Apesar de conhecer esse título nunca havia parado para ler alguma resenha a respeito. Devo confessar que antes da sua resenha, julgando apenas pela capa eu não tinha nenhum interesse pelo livro, porém claramente isso mudou. Amei ler suas impressões sobre o livro.

    Beijos,
    Blog Anne & Cia.

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Estou vendo várias resenhas desse livro, várias pessoas comentando. Estou bem curiosa em relação a ele. Não conheço muito sobre a obra, ainda não li nada da autora. Estou com muita vontade de ler esse livro e outro que vejo da autora. Mais um livro que vai para a lista de futuras leituras.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Oie!!!
    Ainda não li nenhum livro desta autora, mas amei a sinopse deste e a sua resenha. Vou dar uma pesquisada pra saber mais dessa série, mas estou tentada a ler este livro fora de ordem mesmo, pois me interessei muito por essa estória!
    Sobre este lance da revisão, nunca peguei tantos erros assim, mas já vi uns bem bobinhos em vários livros que li recentemente desta editora, o que mr leva a crer que os prazos para tradução e edição/ revisão devem estar bem curtos, mas que eles deven ser mais csprichosos e atenciosos com este fato.
    Vslwu a dica!
    Mil Bjinhos ;)
    Elaine M. Escovedo
    Caminhando Entre Livros
    Http://www.caminhandoentrelivros.com.br

    ResponderExcluir
  16. Ainda não tive vontade de ler nenhum livro da Abii Glines...
    simplesmente não é meu estilo de leitura, só de ver esse cowboy aí já sinto até um arrepio.

    Não gosto muito dessa ideia de contos de fadas, de romances impossíveis. Gosto de coisas simples e, se possível, não muito mamão com açúcar.

    Não é uma série de livros que eu colocaria na minha estante, por exemplo, mesmo sua resenha sendo toda empolgada com eles!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  17. Que bom que sua leitura da Abbi está só aumentando. Ainda não li nada dessa autora, mas já ouvi falar de alguns livros. Que pena que no último livro você não se agradou.. Dessa vez eu passo a dica porque a trama não me traiu e não curto livro erótico. Saber que Grat é tão doce e ao mesmo tempo erótico não me animou a ler. É interessante a história pontar dois ponto de vista. Que bom que o livro é um dos seus mais novos favoritos. Beijos'

    ResponderExcluir
  18. Oi querida,
    Adoro livros do gênero ♥ e esse parece ser ótimo, tem uma pegada de doçura e cenas quentes (rsrsrs). Eu já li resenhas dele, mas nunca parei para ler eme de fato. Gostei dos personagens, e o cenário que o livro é ambientado deixa tudo mais fácil. A escrita da autora é ótima, mas em alguns fatos me deixou a desejar. Entende?!
    Adorei a premissa do livro, e o enredo parece ótimo.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Só li dois livros da Abbi até agora, mas gostei bastante deles. O que eu não consigo entender mesmo é a ordem dos livros, eu misturo tudo hahahah os romances dela são ótimos porque geralmente são rapidinhos e leves, quero ler outras coisas dela em breve. Erros de revisão também me incomodam bastante, não sei como eles deixam passar algumas coisas...
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Eu já ouvi falar desse livro, mas eu não senti vontade de ler ele ou outros livros da autora. E erro de revisão matam a gente, fazem os olhos sangrarem. A sensação de que o livro foi entregue de qualquer jeito é horrível. Eu li um livro da Editora Coerência que, ironicamente, estava cheio de erros de coerência, coesão, digitação e português, foi muito ruim de ler, pq tirou o brilho da história que é incrível. Uma pena mesmo que isso tenha acontecido com uma editora tão querida.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  21. Detesto essas historias de macho alfa, é algo que não me chama atenção. Não gosto principalmente dessas capas que os enredos trazem. Agora os erros de revisão é algo crucial mesmo, já vi um desses com erros bobos e que não podiam passar despercebidos. Gostei de sua resenha, mas o gênero e os personagens não me atrairam.

    ResponderExcluir
  22. Oie
    que bom que gostou da leitura, eu nunca li nada da autora e nem tenho vontade mas bem legal o enredo e sei de amigas que vão adorar a dica, eu não leria mas boa resenha

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Gente... eu to me rasgando aqui por estar totalmente atrasada na leitura dessa série!
    Eu adorei a sua resenha e estou mega ansiosa pela leitura... E quanto a revisão, que horror... oq ue será que ta pegando com a Arqueiro? O que é isso? :o

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  24. ai, gente... Rosemary Beach é VIDA!!!!!! huahuahuhauau
    Eu li os 6 primeiros livros e foi MARAVILHOSO!!!
    Vou reler e acompanhar direitinho agora!!!
    A Sua Espera parece ser tão incrível quanto os outro...
    Mais um dia normal na vida de Abby Glines não é mesmo?? huahuhuahua

    Adorei a resenha!!

    Ana
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  25. Oieee
    Nossa eu só lendo sua resenha me apaixonei por Maze. Nossa que personagem lindo.
    Eu até imagino como Abbi desenvolveu a história por conhecer sua escrita.
    Amei sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Nossa que decepção essa com a arqueiro, hein? Como pode deixar tantos erros bobos passarem assim? Era melhor aumentar o prazo do que fazer as coisas de qualquer jeito. Apesar de eu ter gostado do enredo, acho que vou deixar passar a dica por enquanto.

    Um abraço!
    Parágrafos & Travessões

    ResponderExcluir
  27. Oie, tudo bem?? A princípio,eu não leria o livro por dois motivos: primeiro: não conheço nada da autora. Segundo: não curto livros com "gente" na capa, tenho preconceito kkkkkkk mas com o desenrolar da história já me interessei pois fala de abuso, um tema que sempre me chama a atenção. Com relação aos erros: nossa, sério??? Nunca li um livro da Arqueiro com erro de tradução! :O

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. oie, eu gosto de livros que me atraem e me prendem, e pelo que você comentou esse parece ser um deles. A vida da protagonista parece triste, e já quero conhecê-la, mas achei uma grande pena o fato de o livro estar cheio de erros, issoo é irritante.

    ResponderExcluir
  29. Oi, tudo bem?
    Nunca li nada da Abbi e por mais que tenha curiosidade sobre algumas séries dela, essa não faz parte. Além de não curtir o enredo, acho as capaz bem feias.

    ResponderExcluir
  30. Olá!!!
    Concordo plenamente com vc,eu amei o livro do Grant mas o do Mase até agora ganhou meu coração não vejo a hora pra ler o do Capitão,a Reese bem bobinha e isso me irritou um pouco,bem mais do que a Nan!
    Vc já leu o livro da Bethy e do Tripp?? Achei arrastado demais e de longe o meu preferido...

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2017/01/beco-club-novo-parceiro-do-blog.html#comment-form

    ResponderExcluir