[Resenha] Dear Heart, Eu odeio você!


Dear Heart, eu odeio você! foi um livro que ganhei no sorteio do evento Mulheres Poderosas, organizado pela Faro Editorial, e ele me pareceu mais um sinal divino, pois logo que li a sinopse, acabei me identificando com a protagonista.

Nele conhecemos Jules, uma jovem focada no trabalho, colocando isso sempre como prioridade na sua vida. A jovem está em uma conferência em Boston com algumas colegas.

Carl é a versão masculina de Jules. Acho que podemos classificá-lo assim, pois é tão focado quanto ela no trabalho. Também está em Boston a trabalho com alguns amigos.

Os dois acabam se conhecendo no hotel. Ele está à mesa com os amigos e Jules chega com as amigas. Eles acabam se juntando, conversando, todos juntos, mas logo de cara os dois acabam se envolvendo mais, a conversa fica mais entre do que com o restante da mesa.

Eles acabam decidindo viver esse momento, sabendo que terá um fim daqui alguns dias, já que ela mora em Malibu (Califórnia) e ele em Boston.

Tudo que deveria ser apenas um final de semana acaba se prolongando, pois os dois trocam mensagens e ligações depois que se separam, e acaba fluindo um amor que vai além da paixão que tiveram logo de início.

Ambos tinham a mesma visão referente a relacionamentos: preferiam não se envolver, deixando sempre para depois os casos que iam aparecendo.

A história é bem real. Não é aquele romance que já no primeiro contato se tem todos os sentimentos possíveis e a certeza deles, aqui, é que os dois vão se conhecendo e entendendo o que sentem um pelo outro, construindo assim algo mais verdadeiro de fato.

Foi uma leitura que, de certa forma, trouxe uma reflexão para mim, pois até que ponto podemos perder uma oportunidade de amar verdadeiramente por estar focada em outro quesito de nossas vidas, sendo que temos a possibilidade de vivenciar tudo ao mesmo tempo, sem ter qualquer tipo de problema.

Um livro que estou indicando a todos, colegas de trabalho, família e amigos, pois a leitura flui que nem notamos e quando vemos já chegamos ao fim.

O trabalho da editora é impecável, com diagramação ótima para leitura e sem erros de revisão. E a escrita é em primeira pessoa, onde se alternam as visões de Jules e Carl.



Dear Heart, eu odeio você!
Autora: J. Sterling
Editora: Faro Editorial
Número de páginas: 208
Onde comprá-lo: Amazon




Sinopse: Jules era viciada em trabalho. Colocando sempre o amor em segundo plano, sua principal meta era construir uma carreira com sólida reputação. Cal Donovan era muito parecido. Ele havia traçado uma lista de objetivos para alcançar na vida, e nela só havia espaço para ascensão profissional. Mas um encontro ao acaso muda tudo. De repente, o amor não parece uma distração para atrapalhar seus planos. Como fazer um relacionamento dar certo quando a sua cara-metade mora a milhares de quilômetros de você? Como viver esse amor sem abandonar tudo o que construiu? Algumas vezes as nossas mentes elaboram planos, estabelecem metas, perseguem sonhos. E algumas vezes os nossos corações ignoram as nossas mentes e decidem apostar no amor.

Um comentário

  1. Olá,que bom poder ter tido à oportunidade de ler a sua resenha. Já que fiquei curiosa em ler assim que vi a capa desse livro há uns dias atrás.
    Confesso que imaginei que fosse um livro de suspense. Mas tudo bem!
    Eu adoro um bom romance.

    Ainda vou ler. :)

    ResponderExcluir