[Resenha] Ligue-me amanhã


Como vocês já devem ter percebido, em minhas resenhas eu sempre foco mais no que senti durante a leitura, e assim vai ser, pois as sinopses já vem explicando muito e algumas já soltam até alguns spoilers, aí se torna bastante repetitivo se eu contar a história.

Então vamos ao que interessa. quando a Pamela me mostrou esse livro eu  aceitei porque ele parecia ser daqueles leves. E realmente cumpriu muito bem esse papel, porém não esperava algumas partes hots, que acabaram me incomodando, pois as achei bem toscas. O ponto alto do livro foi um personagem filho da puta chamado Eduardo. E meu filho, não se faz isso com as pessoas não.

A autora me deixou com uma pulga atrás da orelha do início ao fim. Claro que eu estava certa, rs. Esse livro me surpreendeu muito. O foco todo da história foi Evelyn tentando se reencontrar na vida e realizar um desejo de seu amigo Eduardo, no qual ensina ao leitor uma bela lição de amizade, força, esperança além de muito mais coisas. Eduardo foi o personagem que mais gostei, pois tudo que foi focado nele me tirou lágrimas dos olhos. Evelyn cresceu e amadureceu muito durante a história, foi realmente uma guerreira.

A escrita da autora é bem leve e de fácil entendimento. Ela conseguiu mostrar as maravilhas das cidades brasileiras narradas no livro, o que já me fez listar algumas para conhecer um dia. Esse livro, sem sombra de dúvidas, é uma leitura nacional que necessita ser conhecida, apesar das partes hots que eu achei meio que desnecessárias e por isso que me fez dar três estrelas. Acho que de resto foi muito surpreendente, pois não esperava nem um porcento disso, achei que seria totalmente diferente.

Mais um orgulho nacional.


Ligue – me amanhã
Autora: Luna Bravin
Editora: Bezz
Número de páginas: 129
Onde comprá-lo: Amazon






Sinopse: Evelyn mudou-se para os Estados Unidos aos 17 anos, no último ano de escola para fazer intercâmbio. Por causa de um garoto e da qualidade de ensino por lá, ela nunca mais voltou. Entrou para a mesma faculdade que seu peguete e acabaram por namorar sério, até noivarem três anos antes do final da faculdade -- prometendo a si mesmos que casariam após a formatura. Com 24 anos, vestida de noiva e ansiosa para a cerimônia, Evelyn é largada no altar ao que James, seu noivo (agora ex), foge com seu caso de três anos. Sem reação apropriada, Evelyn troca suas passagens de lua-de-mel para uma na classe executiva e volta para seu país. Quando chega ao aeroporto e decide beber um café para acordar, ela, sem querer, acaba trocando seu aparelho de celular com o homem que sentava ao seu lado. Numa tentativa de descobrir quem está ligando atrás dela e o que fazer agora que seu namoro e noivado de anos acabou, ela começa a importunar o estranho que, agora, está com seu celular e que, infelizmente, não vai voltar logo dos Estados Unidos. Evelyn terá que enfrentar as amizades que deixou para trás e descobrirá que perdas dolorosas podem trazer um final feliz, no fim das contas.

16 comentários

  1. Sua resenha foi breve e sucinta, mas foi clara na explicação. Vi logo que o livro não é longo e pode ser que seja agradável lê-lo sem muita estafa. Pois há livros, geralmente os que passam de 400 páginas, que me causam certa repulsa em algumas partes, pois passam a ser chato e monótonos. Claro que há livros que precisam ser grandes, outros não. Tirando o seu incomodo com as cenas hot, no geral me despertou o interesse.

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Eu ri de você chamando ele de filho da puta hahaha adorei conferir as suas impressões e acho que seria uma obra que eu leria, pelo conjunto em si e para conferir o que não te agradou nas partes hots, eu não conhecia a autora nem a obra, mas essa edição tá linda demais e me deixou com vontade de ler! Ele é super curtinho.

    ResponderExcluir
  3. kkkkk adoro gente que é sincera nas resenhas, que xinga o personagem auhshuassu
    Realmente tem livros que da vontade de socar alguém né? Entendo bem, passei muito por isso.
    Não sei se esse seria um livro que eu leria, pois não faz o meu gênero, mas por ser curtinho quem sabe né...
    Beijocas e parabéns pela resenha sincera kk

    ResponderExcluir
  4. Apesar das partes hots serem todos, acredito que seja uma leitura válida, ainda mais por passar esse valor de amizade e ainda tirar lágrimas. Anoto a dica e espero ler em breve.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Heiii, tudo bem?
    Ainda não conhecia o livro da autora, na verdade conheço pouco os livros da Bezz.
    Como ela publica mtos hots, nao é mto a editora que seja meu foco.
    Achei o romance interessante, mas ainda assim nao me despertou aquela vontade de ler.
    A capa ficou bonita.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bom?

    Eu não conhecia esse livro, mas fico feliz quando há bons livros nacionais - que conseguem descrever as maravilhas de nossas cidades -, pois nos mostra a qualidade de nossos autores. É uma pena que as cenas hots sejam desnecessárias e toscas, pois isso acaba afetando a maneira com que vemos o livro (e faz você dar somente três estrelas). A premissa é interessante, além de nos ensinar várias lições, como a amizade. Como é um livro surpreendente, vou colocá-lo na lista para saber um pouco mais sobre ele e ver se será algo que gostarei de ler.

    Enfim, adorei a postagem e agradeço a indicação :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Eu gostei da sua resenha porque ela foi bem sincera e também não curto esta coisa de ter cenas hots desnecessárias que deixam o livro mais pesado e apesar de ter poucas folhas me deu uma ideia de ser uma história completa.

    ResponderExcluir
  8. Quem nunca teve vontade de chamar um personagem de FDP que atire a primeira pedra! hahahhaahah
    Eu não conhecia o livro e curti a capa. Gosto de histórias onde os personagens estão tentando se reencontrar, e o fato da amizade ser importante nessa história também me chama a atenção. Eu não me importo com cenas de sexo, até curto, desde que sejam plausíveis e bem escritas.

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  9. Oiee ^^
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas confesso que, depois de ler a sua resenha e suas considerações a respeito da história, não senti vontade de ler. Talvez eu queira conhecer o Eduardo um dia (saber que ele foi o ponto alto de tudo me deixou curiosa), mas não sei se o faria agora. E eu sempre fico um pouco receosa com livros curtinhos assim *-*
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2018/01/underground-airlines.html

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Que achado hein! Adoro quando as leituras me surpreendem, esse romance deve ser bem lindo e cheio de sentimentos. Me agrada saber que as autoras estão cada vez mais ganhando espaços no mercado editorial e nós leitores podendo ter os exemplares em nossas estantes.
    Me agradaria a leitura dessa história.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro ainda, mas parece ser uma leitura muito gostosa mesmo. A sinopse me lembrou um pouco Fiquei com seu número, mas acho que o desenvolvimento dos personagens é bastante diferente. Fico feliz que, apesar das cenas hots, você tenha aproveitado a leitura.
    Eu não tenho nada contra esse tipo de cena, desde que elas façam sentido dentro da história e sejam de bom gosto. Mas, pelo que entendi, elas foram meio aleatórias dentro da história, e isso me deixou com o pé atrás.
    No entanto, gostei da sua resenha e vou deixar a dica anotada. Talvez seja uma boa opção para quando quiser uma leitura mais despretensiosa.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi, a premissa do livro até que parece legal, mas eu acho que me incomodaria com as partes hot por motivos de: eu não gosto do gênero erotico. Acho que falta um pouco de história no gênero mesmo. E, sinceramente, não seria se leria esse livro por esse simples motivo. Pelo menos, te surpreendeu! No fim, a leitura não foi ruim, fora esse detalhe que comentei, hahaha.
    wwww.porredelivros.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?

    Eu ainda não conhecia esse livor e nem tinha ouvido falar da autora. Não sei, mas não m senti atraída pela premissa da obra, fiquei na dúvida se vale a pena a leitura. Vou deixar anotado a dica, adicionar à lista do Skoob. Depois eu decido se leio ou não.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Olá!!!
    Apesar de achar interessante livros que trazem cenários em nosso país e que sejam autores da nossa cultura escrevendo, eu não me vi atraída pelo enredo em si.
    A capa está linda e sim para quem gosta do foco da narrativa se sentirá atraído, e às vezes um livro não precisa ter cenas hots para ser bom então entendo você ter se incomodado quando não viu necessidade de ter cenas assim.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Bacana que o livro te surpreendeu mas uma pena as partes hots, certamente elas me incomodariam um pouco. Gostei de saber que explora vários lugares, certamente isso me deixaria intrigada.

    ResponderExcluir
  16. Oi,
    a história em si não me desperta muito interesse mas perceber que ela mexeu com você de formas diversas me deixou curiosa, além disso trata-se de uma trama bem curtinha que pode ser lida em poucas horas, não é mesmo? Só por esses motivos cogito a possibilidade de dar uma chance a obra em algum momento no futuro, caso a oportunidade suja. Parabéns pela resenha sincera e espontânea.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir