[Resenha] O Fim de Tudo

04 maio 2016

O Fim de Tudo
Autor: Luiz Vilela
Editora: Record
Número de Páginas: 240
Onde comprá-lo: Amazon (esgotado!)

Sinopse: "O Fim de Tudo" é o segundo livro de contos do escritor mineiro Luiz Vilela. Em 1974, "O Fim de Tudo" ganhou o Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro, para o melhor livro de contos do ano, publicado no ano anterior por uma editora que ele, juntamente com um amigo, fundou em Belo Horizonte; a editora Liberdade.

 
O Fim de Tudo já tinha sido publicado em 1973, mas essa edição é a mais atual, repaginada pelo próprio autor.

Com seus 25 contos repletos de melancolia, emoções das despedidas ao fim da vida, no reencontro de pessoas que fizeram parte dela anos atrás, ou seja, literalmente o fim de tudo, de uma simples passagem como a eterna saudade.

Foi uma grata surpresa essa obra. Com contos nostálgicos, me fizeram refletir sobre diversos momentos meus de anos atrás. O autor consegue deixar sua marca e nos leva para criar nossos próprios contos, digamos assim.

Acabei conhecendo palavras novas, que jamais tinha ouvido, tal como biloca – que é bolinha de gude – e até expressões. Encontrei também o momento da chegada da TV no país, e como hoje todos preferem ficar em casa ao invés de ir às ruas.

Um livro bom, sem maiores rodeios. Por ser um coletânea de contos, a resenha acaba se tornando mais simples e rápida. A leitura é válida para conhecer a escrita desse autor, além de ficar com a pulga atrás da orelha para um possível talento para escrever seus contos sobre o fim de algo.

A diagramação é ótima para a leitura, capa simples e linda, revisão perfeita. Indico por fim aqueles que querem algo diferente e nostálgico.

Nenhum comentário

Postar um comentário