[Resenha] Um Novo Amor À Vista

Um novo amor à vista
Autor: Cláudio Quirino
Editora: Madras
Número de Páginas: 168
Onde comprá-lo: Amazon

Sinopse: Darla é uma típica mulher moderna brasileira – determinada, trabalha, pega condução, tem seus sonhos secretos e ainda está enquadrada na categoria consumidora compulsiva, mas só tem um probleminha: o seu pequeno salário não é suficiente para as suas grandes necessidades. Diariamente tentada pelas propagandas das grifes e incapaz de ignorá-las, ela sempre acaba indo ao encontro de inúmeras bolsas Gucci, burberrys, sapatos Prada, óculos Dolce & Gabbana e suas próprias extravagâncias. Para variar, o seu namorado de seis meses – Greg – acaba de sair de casa e abandoná-la. Disposta a controlar a sua solidão comprando (mesmo que, para isso, seu nome continue no vermelho), Darla vai, aos poucos, se envolvendo numa série de situações divertidas, otimistas e surpreendentes, capazes de arrancar risadas, à medida que seus pensamentos se decifram aos olhos do leitor. Um Novo Amor à Vista trata, em primeira mão, de cada um dos principais dilemas que afetam o universo feminino e trabalha a autoestima, com um tom cômico, sincero e espontâneo. Em seu primeiro romance chick-lit, Cláudio Quirino revela um mundo completamente familiar e entrega personagens marcantes, simpáticos e um primeiro livro planejado.


Um novo amor à vista é uma leitura leve, que um leitor com tempo consegue acabá-lo em algumas poucas horas. Não coloquei muitas expectativas na leitura, por acreditar que seria algo bem leve mesmo, com pitadas de humor, como todo bom chick-lit.


Nele conhecemos a história de Darla, uma mulher compulsiva por compras, algo muito recorrente nos dias atuais. Ela é daquelas que compra vários sapatos, roupas e por aí vai, se tornando viciada por compras, mesmo que não precise de tais objetos em seu dia-a-dia.

Mas esse problema vai além da compulsão. Ela não tem condições de seguir esses altos gastos, tornando assim sua vida mais complicada com as dívidas do cartão de crédito. O término do relacionamento somou-se aos problemas, deixando-a um tanto deprimida, em meios aos seus pensamentos e frustrações.

Como toda boa história, acaba acontecendo uma reviravolta. Darla é escolhida como a melhor funcionária, aquela que sempre bate suas metas e tem destaque todo mês, ganhando assim uma viagem para Florianópolis com tudo pago, incluído uma grana extra que ajudará a quitar algumas dívidas. Agora ela está bem organizada e planejando até as compras para não extrapolar.

Do jeito que Darla é forte e determinada, não podíamos imaginar outro rumo para sua vida: voltando da viagem, ela acaba conhecendo um novo amor, e aquele mar de tristeza desaparece assim como veio, rápido e deixando um enorme aprendizado.

Este é o primeiro livro do Cláudio que leio e posso dizer que comecei com o pé direito. Como mencionei anteriormente, é uma leitura leve e agradável, o tempo passa sem ao menos sentir, e a obra é um tanto divertida e descontraída, com aquela medida certa ao dosar a lição de vida e a volta por cima.

Estou me controlando para não contar mais detalhes e acabar estragando a empolgação daqueles que pretendem ler a obra, mas posso afirmar que é um prato cheio para aqueles que gostam desse estilo de leitura, para aquelas pessoas que querem conhecer a escrita de um autor nacional.


A capa é bonita, diagramação boa para leitura e revisão boa.

3 comentários

  1. Adoro quando as dicas são de autores nacionais, assim podemos ver como nossa literatura está crescendo.
    Não sou muito fã deste gênero de leitura, mas gostei bastante da premissa até porque na vida eu sou igualzinha a Darla haha
    Adorei a dica, e irei dar uma chance.

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Mari,esse livro me lembrou do livro e filme"Os Delírios de Consumo de Becky Bloom”.

    Infelizmente existem pessoas assim aos montes.Compram muito além do que podem.Acho que é uma forma de esquecer os problemas momentaneamente...

    Bem, com toda certeza gostaria de conhecer a história da Darla.
    Gosto de livros divertidos como esse. :)

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu não tinha conhecimento sobre essa obra, mas ao ler a resenha me deixou super curiosa por essa trama. A personagem é bem descontraída, já que muitas mulheres têm esse desejo enorme de comprar o que quiser nas lojas né, mas sempre sabe o limite. Essa história é bem legal, me pareceu mais um chick-lit. Já coloquei em minha lista de leitura.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir